SANTOS - CULTO, ORIGEM, HISTÓRIA, FUNDAMENTO

 




ÍNDICE:

1- O CULTO AOS SANTOS COMEÇOU NA IGREJA PRIMITIVA NOS PRIMEIROS SÉCULOS
2-BASE BÍBLICA
3- O TERMO SANTO NO NOVO TESTAMENTO
3- A INTERCESSÃO DOS SANTOS NA BÍBLIA
4- PODEMOS NOS AJOELHAR E LOUVAR OS SANTOS?




1- O CULTO AOS SANTOS COMEÇOU NA IGREJA PRIMITIVA NOS PRIMEIROS SÉCULOS.
Sabemos que Estêvão foi o primeiro de uma série de mártires cristãos. 

As perseguições aos cristãos levadas a cabo por líderes romanos foram essenciais para estabelecer no Cristianismo a tradição do culto aos mártires. 




 


Os cristãos perseguidos, torturados e mortos pelos romanos por terem professado a fé de Cristo eram respeitados como figuras sagradas.

 No século II, essa prática era extremamente popular, e era comum que se comemorasse o dia de morte de um mártir.

 Durante os primeiros anos do cristianismo se popularizaram as noções de santidade e as relíquia dos mártires.




 Em outras palavras, os mártires eram tidos como santos, que de acordo com o pai da igreja São Jerônimo "não calam quando mortos", mas "apenas dormem", e das partes de seus corpos se faziam relíquias, às quais eram creditados poderes milagrosos da graça de Deus (At 18,11-12) (2 Re 13, 20-21)



Os relatos das vidas e mortes de santos parecem ter começado nessa época, conhecidos por hagiografias.

 Uma carta com data do ano 156, enviada pelos fiéis da comunidade cristã de Esmirna à comunidade da Frígia (Filomélia), dá notícia de reuniões religiosas e cultuais dos cristãos de Esmirna, realizada no túmulo (“relíquias mais preciosas que o ouro e pedras preciosas” - diz a carta) de seu Bispo e Mártir, São Policarpo, por ocasião dos aniversários de seu martírio. 
 (Padres Gregos, 5, 1029-1045)

 É já a prática da Igreja ao festejar o aniversário do triunfo dos Mártires e dos Santos.

 Também Orígenes, que viveu no século II e começo do III, atesta a fé da Igreja Católica na intercessão dos Santos, nesses termos: 

“O Pontífice não é o único a se unir aos orantes; os Anjos e as almas dos justos também se unem a eles na oração.” (Em “De Oratione”)

E em outro livro dá Orígenes o fundamento dessa mediação:

 “Eles conhecem os que são dignos da amizade de Deus, e auxiliam os que querem honrá-lO.” (Em “Contra Celsum”)


O mesmo ensinamento encontramos em São Cipriano, Bispo de Cartago, martirizado no ano 256.

 Em carta ao Papa São Cornélio, afirma: “Se um de nós partir primeiro deste mundo, não cessem as nossas orações pelos irmãos.” (Carta 57)



As Atas dos Mártires

  
A mesma verdade é atestada pelas Atas autênticas do suplício dos mártires. 

Assim, Santa Teodósia (307 D.C.), em Tiro, pedia aos mártires, na hora em que iam para o suplício, que se lembrassem dela quando tivessem recebido a recompensa. 

E Santa Pantomina, em Alexandria, na hora de seu próprio martírio, prometeu ao soldado que a conduzia, que ia pedir por ele quando estivesse junto de Deus. (Em “Eusébio”,1.6, c. 2; apud Lúcio Navarro (Monsenhor), “A legítima interpretação da Bíblia, p. 542)

  Também em Tarragona, o Bispo Mártir São Frutuoso (259 D.C.), na hora do suplício, vendo que muitos fiéis faziam fila e lhe pediam a mesma graça de que não se esquecesse deles quando estivesse junto de Deus, falou para todos em voz alta: 

“Sim, eu devo ter em mente toda a Igreja espalhada pelo mundo, do Oriente ao Ocidente.” (Acta Fructuosi, 1,7)

  Notemos que, transcorrido o tempo das perseguições sangrentas que banharam a terra com o sangue generoso dos heróis da fé, era normal que continuasse a ser lembrada com carinho e espírito de fé, a memória de sua fé e santidade. 

E especialmente no dia de seu nascimento para a glória, como era chamado o seu “dies natalis” (o dia natalício para a glória), se lhe prestasse culto especial.



Documentos Arqueológicos

  A fé dos cristãos dos três primeiros séculos nessa verdade está também registrada em muitas inscrições
gravadas nos túmulos de santos cristãos e mártires da fé. 




















Eis alguns exemplos:

- No Cemitério de São Pânfilo: “Mártires santos, bons e benditos, ajudai a Ciríaco”;

-No Cemitério de Aquiléia: “Santos Mártires, lembrai-vos de Maria”;

- Na Via Salária lemos também esta inscrição: “Genciano, fiel em paz... Que em tuas orações, rogues por nós porque sabemos que estás em Cristo”;

No Cemitério de Gordiano esta outra: “Sebácio, doce alma, pede e roga por teus irmãos e companheiros”;

E no de São Calixto: “Vicência, pede em Cristo por Febe e seu esposo”.


 





 


No Cemitério de Priscila: “Anatólio... teu espírito descanse em Deus. Pede por tua mãe”. 



 

São alguns registros apenas. Ver outros em Lúcio Navarro -Ibidem, pg. 541-542- Recife, PE.

  Foi certamente com base em documentos com esses acima transcritos, , e em muitos outros, que o sábio Leibnitz – protestantes, mas que estudou com lealdade esse assunto – deixo-nos o seguinte e importante depoimento:

 “ É certo que já no segundo século da Igreja Cristã, eram celebradas as festas dos mártires, e que em seus túmulos se reuniam assembléias religiosas.” (Em “Syst. Theol.”, p. 70)

  Note-se que a expressão “assembléias religiosas” indica as “reuniões cultuais” dos primeiros cristãos para celebrar os Mistérios Eucarísticos, ou Santa Missa, e que na época das perseguições religiosas, era também celebrada sobre os túmulos dos mártires nas catacumbas. 

Eis a razão da “pedra d´ara” dos nossos altares, que contém relíquia dos mártires, e sobre a qual se celebra a Santa Missa, que era usada antes do Concílio Vaticano II.

Conclusão: 

A devoção ou culto dos Santos, como é praticado na Igreja Católica e teve sua origem na Igreja Primitiva ou Apostólica, que era dirigida, ou pelos Apóstolos diretamente, ou pelos santos Bispos que os Apóstolos mesmos estabeleceram para substituí-los, e não tardiamente, no século IV, como falsamente pretendem os protestantes.

  Eis os motivos de garantia da legitimidade da devoção aos Santos. Eis como a única Igreja de Cristo (Mt 16,18), a que unicamente tem a promessa de sua assistência divina (Mt 28,20), explicitou os textos sagrados que contêm a verdade bíblica da intercessão dos Anjos e Santos. (Cf “Folhetos Católicos”, nº 3) Ela orientou assim os fiéis a festejar o dia de seus natalícios para o Céu, a pedir-lhes auxílio junto de Deus, e a se esforçarem por imitar-lhes as virtudes cristãs. 










2- BASE BÍBLICA:


As bases bíblicas do culto aos Santos estão desde o Antigo Testamento.

 Até o século II a.C. os judeus acreditavam na existência do Hades ou Cheol e no adormecimento da consciência dos defuntos num lugar subterrâneo, incapazes de serem punidos ou contemplados. 

Mas a partir do século II a.C. esta concepção foi abandonada pelo povo de Israel, passando a crer que a consciência dos irmãos falecidos continuava lúcida e que eles vivem como membros do seu povo, e solidários com os fiéis peregrinos na terra, e intercedendo por eles.

 
Muitos não católicos usam passagens do Antigo testamento para afirmar que os mortos não podem orar por nós: 


  “Os mortos não louvam ao Senhor, nem os que descem a sepultura” - Salmos 115:17.


 “Porque não pode louvar-te a sepultura, nem a morte glorificar-te; nem esperarão em tua verdade os que descem à cova” - Isaías 38:18. 

  Esquecem que a própria teologia bíblica é um processo evolucional,e que o Novo Testamento, com Cristo, rompe o que era velho, o Antigo testamento.

Cristo aperfeiçoou os ensinamentos do Antigo Testamento, e abriu para nós o reino dos céus, o Paraíso ( Lc 23, 43).


A noção de morte no Antigo Testamento é outra que a proposta pelos cristãos.


Apesar disso, há alguns trechos que assinalam a noção de vida consciente após a morte e de intercessão deles :



"E o Senhor disse-me: ainda que Moisés e Samuel se pusessem diante de mim, a minha alma não se inclinaria para este povo; tira-os da minha face e retirem-se" (Jer 15, 1 ss). 

"Dá de boa vontade a todos os vivos, e não recuses este benefício a um morto" ( Eclo 7,37 )


Mas as almas dos justos estão na mão de Deus, e nenhum tormento os tocará. (
Sabedoria 3,1)


Em II Mac 15,12-15 lemos: "Parecia-lhe (a Judas Macabeu) que Onias, sumo sacerdote (já falecido!)... orava de mãos estendidas por todo o povo judaico... Onias apontando para ele, disse: "Este é amigo de seus irmãos e do povo de Israel; é Jeremias (falecido!), profeta de Deus, que ora muito pelo povo e por toda a cidade santa". 

 "Em seguida, fez uma coleta, enviando a Jerusalém cerca de dez mil dracmas, para que se oferecesse um sacrifício pelos pecados: belo e santo modo de agir, decorrente de sua crença na ressurreição, porque, se ele não julgasse que os mortos ressuscitariam, teria sido vão e supérfluo rezar por eles. Mas, se ele acreditava que uma bela recompensa aguarda os que morrem piedosamente, era esse um bom e religioso pensamento; eis porque ele pediu um sacrifício expiatório para que os mortos fossem livres de suas faltas"
 ( II Mac 12, 43-46)


A evolução no conceito da vida após à morte é percebida claramente no texto de Macabeus (II Mac 15, 7-17).

 Vemos nele que Jeremias, o profeta falecido no século VI a.C., aparece a judas Macabeu no século II a.C., juntamente com o Sumo Sacerdote Onias (também já falecido), como “o amigo de seus irmãos, aquele que muito ora pelo povo, pela cidade santa, Jeremias, o profeta de Deus” .
Diz a “Bíblia de Jerusalém” em nota de rodapé a 2Mc 15, 14: “Esse papel conferido a Jeremias e a Onias é a primeira atestação da crença numa oração dos justos falecidos em favor dos vivos”.

O problema é que os protestantes não têm esse livro em suas bíblias, pois consideraram que eles não pertenciam à Bíblia judáica primitiva. 

O Antigo Testamento foi adotado, pela Igreja Católica, a partir de uma tradução para o grego de escrituras hebraicas antigas chamada de Septuaginta. Entre os judeus, a Septuaginta era tida como uma tradução não muito segura. 

O cânon judeu estabelecido pelo Concílio de Jamnia  (século I d.C e início do II d.C.) não correspondia aos livros da Septuaginta, que tinha livros a mais, entre eles os 2 livros dos Macabeus. 

Os papas Dâmaso I e Inocêncio I determinaram que esses livros extras seriam definitivamente associados ao Antigo Testamento no século V. 

Mas é importante notar que profecias como a de Malaquias (Malaquias 4:5-6),  com a qual termina o Antigo Testamento cristão, por exemplo, não constituem o Antigo testamento hebraico, que terminaria em 2Crônicas 36:23.

Os manuscritos mais antigos do Novo Testamento que chegaram até nós foram o Códice Sinaítico e o Códice Vaticano, que datam dos séculos IV e V d.C.


Apesar de os protestantes terem livros faltando em suas Bíblias, por isso um dos motivos de eles não acreditarem na intercessão dos santos, o Novo Testamento deixa claro que  a intercessão dos santos é possível e que eles participam mesmo depois de mortos da história da Igreja. 

Na epístola aos Hebreus, o autor recorda os justos do Antigo Testamento, e mostra a sua solidariedade com os ainda vivos na terra. 

Ele imagina esses justos colocados num estádio como que a torcer pelos irmãos ainda existentes neste mundo; constituem uma densa nuvem de torcedores interessados. São testemunhas que nos acompanham nesta luta de hoje:


“Portanto também nós, com tal nuvem de testemunhas ao nosso redor, rejeitando todo fardo e o pecado que nos envolve, corramos com perseverança para o certame que nos é proposto” (Hb 12,1).

Os mortos não estão dormindo. Os protestantes em sua maioria ensinam que os mortos estão “dormindo” e que somente na volta de Jesus haverá a ressurreição de todos; portanto, para eles, não há ninguém no Céu ainda, mesmo que seja apenas com a alma, como ensina a Igreja Católica. 

Ora, desde os primórdios da Igreja ela acredita na imortalidade da alma, e que cada pessoa é julgada por Deus, imediatamente após a morte (Hb 9,27), recebendo já o seu destino eterno. E isto é muito claro nas Sagradas Escrituras.

A Carta aos Hebreus diz claramente, “como está determinado que os homens morram uma só vez, e logo em seguida vem o juízo”. (Hb 9,27)


Em Mateus 10,28 Jesus diz: “não temais os que matam o corpo, mas não podem matar a alma (‘psyché”); temei, antes, aquele que pode fazer perecer na geena o corpo e a alma”.
A palavra grega “psychè” significa alma; então, o texto afirma a sobrevivência da alma após a destruição do corpo da pessoa.

 Em Lucas 16,19-51, na parábola do rico e do pobre Lázaro, Jesus apresenta a sobrevivência consciente tanto dos justos como dos injustos

O rico após a morte vai para um lugar de tormento; e o pobre para um lugar de gozo. Isto enquanto a vida continua na terra, quer dizer, antes da volta de Jesus. O rico tinha cinco irmãos que poderiam também se perder também; e mostra que os defuntos sobrevivem após a morte e recebem já o prêmio ou o castigo.
Não se pode dizer que esta parábola é apenas mera ornamentação; ao contrário, traz um ensinamento religioso e doutrinário fundamental.
A ressurreição da carne no último dia, na consumação da História com a volta de Jesus, darão algo mais à felicidade dos justos cujas almas já estão no gozo da presença de Deus. 

Essas almas se unirão a seus corpos ressuscitados e viverão na plenitude de suas pessoas. A ressurreição da carne completará a ordem e a harmonia que a alma santa já desfruta após a morte.
Vemos em Ap 6, 9-11 que as almas do justos martirizados aspiram, na presença de Deus, à plena restauração da ordem e da justiça violadas pelo pecado; e assim, esperam algo que ainda não aconteceu, e que vai acontecer só na Parusia. 

Embora elas já estejam revestidas de vestes brancas, que é símbolo da vitória final e da bem-aventurança, continuam a acompanhar a nossa história, aguardando com expectativa o julgamento do Senhor (Apo 6,11).

“Quando abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos homens imolados por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho de que eram depositários.

 E clamavam em alta voz, dizendo: Até quando tu, que és o Senhor, o Santo, o Verdadeiro, ficarás sem fazer justiça e sem vingar o nosso sangue contra os habitantes da terra? Foi então dada a cada um deles uma veste branca, e foi-lhes dito que aguardassem ainda um pouco, até que se completasse o número dos companheiros de serviço e irmãos que estavam com eles para ser mortos.” (Ap 6,9-11)



 A morte para os cristãos é o encontro com Cristo, como nos diz São Paulo ( II Cor 5,1).

 Os mortos são seres conscientes para os cristãos ( I Pe 3, 18-19 ; 4, 6 ) 

Com a morte somos julgados imediatamente (Hb 9,27) ( RM 14,10) (II Cor 5, 10) e vamos para o céu ou para o inferno (Lc23,42), (Mt 25,34), (Mt 25,41). 

Os que ainda não estão totalmente puros ( Sl 14 ; Hb 12, 22-23 ; Mt 5,8)  para entrarem no céu, e ainda devem expiar algum pecado (I Cor 3, 10-15), (pois cada pecado tem sua consequência e Deus perdoa nosso pecado, mas devemos pagar de alguma forma pelo erro que cometemos), ficam em Purificação, o Purgatório ( Mt 12, 32), (I Cor 3, 10-15), ( II Mac 12, 43-46), ( I Cor 15,29 ) .

Assim, no cristianismo, a morte é uma passagem para o céu e todos os que estão no céu podem orar pelos que estão na terra, já que "Na ressurreição, os homens não terão mulheres nem as mulheres, maridos; mas serão como os anjos de Deus no céu." (Mt 22,30).

 Apesar de ainda estarem esperando a ressurreição, os homens e mulheres justos, já estão na presença de Deus (Apoc 7,13-15) , esperando pelo desfecho final da história humana (Apoc 6,9-11) , assim , sendo como os anjos, intercedem por nós continuamente (Apoc 8,3-4) ,(Mt 18,10).

3- O TERMO SANTO NO NOVO TESTAMENTO

 "E sereis para mim santos; porque eu, o Senhor, sou santo, e vos separei dos povos, para serdes meus."
Levítico 20:26







No começo da Igreja, o termo santo era usado para todos os fiéis em Cristo:


“E aconteceu que, passando Pedro por toda a parte, veio também aos santos que habitavam em Lida”- Atos 9:32

“Comunicai com os santos nas suas necessidades, segui a hospitalidade” - Romanos 12:13

“Mas agora vou a Jerusalém para ministrar aos santos” - Romanos 15:25

“Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, aos santos que estão em Éfeso, e fiéis em Cristo Jesus” - Efésios 1:1

“Aos santos e irmãos fiéis em Cristo, que estão em Colossos: Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo” - Colossenses 1:2

“Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos” - Judas 1:13.



Porém, com o tempo, principalmente com as perseguições aos Cristãos em Roma, nos primeiros séculos, que colocou muitos em provação, o termo santo passou a ser um título de honra, aos que perseveravam na fé e davam seu testemunho, aceitando a morte sem negar o Cristo.

Assim, os cristãos entenderam que ser santo, não é apenas ser batizado e sim perseverar na fé, dando testemunho, como nos diz a própria escritura:

 "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
(Mt 7,21) 

 Direis então: Comemos e bebemos contigo e tu ensinaste em nossas praças. Ele
, porém, vos dirá: Não sei de onde sois; apartai-vos de mim todos vós que sois malfeitores.
(Lc 13, 26-27)

 
O servo que, apesar de conhecer a vontade de seu senhor, nada preparou e lhe desobedeceu será açoitado com numerosos golpes. Mas aquele que, ignorando a vontade de seu senhor, fizer coisas repreensíveis será açoitado com poucos golpes. Porque, a quem muito se deu, muito se exigirá. Quanto mais se confiar a alguém mais se há de exigir." ( Lc 12, 45-48). 
O dia ( do julgamento ) demonstra-lo-á. Será descoberto pelo fogo; o fogo provará o que vale o trabalho de cada um. Se a construção resistir, o construtor receberá a recompensa. Se pegar fogo, arcará com os danos. Ele será salvo, porém passando de alguma maneira através do fogo
( I Cor 3, 13-15)
Assim, a morte é o ponto decisivo , nesse momento comparecemos diante de Deus (Hb 9,27) ( Rm 14,10) (II Cor 5, 10) e recebemos o que fizemos em vida ( II Cor 5,10), se fizemos o bem vamos para o céu (Lc23,42), (Mt 25,34), se o mal para o inferno (Mt 25,41).
Quando morremos, se formos bons, vamos imediatamente para o céu (Lc 23,43) , ( II Cor 5,1), por isso muitos santos desejavam a morte como um encontro com Cristo ( II Cor 5,8). 
Logo, após a morte é que podemos afirmar de fato se uma pessoa foi santa de verdade ou não, pois é depois que alguém morre que descobrimos toda a verdade sobre a vida dela. 

Assim, com o tempo, o termo santo se tornou um título dado aos que vivem sua fé com heroísmo, evitando o pecado, praticando o Evangelho, sendo um exemplo para os demais cristãos: 



 "12 para que não vos torneis negligentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas."
(Hb 6,12)
 
"Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo" (ICor 13,1)

Irmãos, tomai como exemplo de sofrimento e paciência os profetas que falaram em nome do Senhor.
(Tiago 5:10)

Irmãos, sede meus imitadores, e atentai para aqueles que andam conforme o exemplo que tendes em nós;
(Filipenses 3:17)

por isso alcancei misericórdia, para que em mim, o principal, Cristo Jesus mostrasse toda a sua longanimidade, a fim de que eu servisse de exemplo aos que haviam de crer nele para a vida eterna.
(1 Timóteo 1:16)



 " Vós vos tornareis filhas de Sara, se praticardes o bem, sem vos deixardes intimidar por ninguém."
(I Pe 3,6)

 Responderam-lhe: Nosso pai é Abraão. Disse-lhes Jesus: Se sois filhos de Abraão, fazei as obras de Abraão.
(João 8:39)

No apocalipse, lemos que as obras dos santos, seus exemplos,  após a morte deles, servem de exemplo para os outros e continua o trabalho deles na Igreja:


13 Então ouvi uma voz do céu, que dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, pois as suas obras os acompanham. 
(Apo 14,13) 

Ainda vemos a veneração aos santos em passagens como:


 
6 Mas ele lhe disse: Eis que há nesta cidade um homem de Deus, e ele é muito considerado; tudo quanto diz, sucede infalivelmente. Vamos, pois, até lá; porventura nos mostrará o caminho que devemos seguir. 
(1 Sm 9,6)



 13 Entrando vós na cidade, logo o achareis, antes que ele suba ao alto para comer; pois o povo não comerá até que ele venha, porque ele é o que abençoa a sacrifício, e depois os convidados comem. Subi agora, porque a esta hora o achareis. 
(1 Sm 9,13)

14 Perguntou-lhe ele: Como é a sua figura? E disse ela: Vem subindo um ancião, e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e lhe fez reverência. 
(1 Sm 28,14)


 
24 Então a mulher disse a Elias: Agora sei que tu és homem de Deus, e que a palavra do Senhor na tua boca é verdade. 
(1 Re 17,24)



 7 Quando, pois, Obadias já estava em caminho, eis que Elias se encontrou com ele; e Obadias, reconhecendo-o, prostrou-se com o rosto em terra e disse: És tu, meu senhor Elias? 
(1 Re 18,7)


 
10 Mas Elias respondeu ao chefe de cinqüenta, dizendo-lhe: Se eu, pois, sou homem de Deus, desça fogo do céu, e te consuma a ti e aos teus cinqüenta. Então desceu fogo do céu, e consumiu a ele e aos seus cinqüenta. 
(2 Re 1,10)

 

 9 Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que eu te faça, antes que seja tomado de ti. E disse Eliseu: Peço-te que haja sobre mim dobrada porção de teu espírito. 
(2 Re 2,9) 


 14 Então, pegando da capa de Elias, que dele caíra, feriu as águas e disse: Onde está o Senhor, o Deus de Elias? Quando feriu as águas, estas se dividiram de uma à outra banda, e Eliseu passou. 
(2 Re 2,14)

 
9 E ela disse a seu marido: Tenho observado que este que passa sempre por nós é um santo homem de Deus.  
13 Pois Eliseu havia dito a Geazi: Dize-lhe: Eis que tu nos tens tratado com todo o desvelo; que se há de fazer por ti? Haverá alguma coisa de que se fale por ti ao rei, ou ao chefe do exército? Ao que ela respondera: Eu habito no meio do meu povo.
14 Então dissera ele: Que se há de fazer, pois por ela? E Geazi dissera: Ora, ela não tem filho, e seu marido é velho.
16 E Eliseu disse: Por este tempo, no ano próximo, abraçarás um filho. Respondeu ela: Não, meu senhor, homem de Deus, não mintas à tua serva.
17 Mas a mulher concebeu, e deu à luz um filho, no tempo determinado, no ano seguinte como Eliseu lhe dissera.
( 2 Re 4,9; 13-14;16-17)




 7 Depois veio Eliseu a Damasco. E estando Bene-Hadade, rei da Síria, doente, lho anunciaram, dizendo: O homem de Deus chegou aqui.
8 Então o rei disse a Hazael: Toma um presente na tua mão, vai encontrar-te com o homem de Deus e por meio dele consulta ao Senhor, dizendo: Sararei eu desta doença? 
(2 Re 8, 7-8)

 20 Depois morreu Eliseu, e o sepultaram. Ora, as tropas dos moabitas invadiam a terra à entrada do ano.
21 E sucedeu que, estando alguns a enterrarem um homem, viram uma dessas tropas, e lançaram o homem na sepultura de Eliseu. Logo que ele tocou os ossos de Eliseu, reviveu e se levantou sobre os seus pés.
 (2 Re 13, 20-21)


11 E Deus pelas mãos de Paulo fazia milagres extraordinários,
12 de sorte que lenços e aventais eram levados do seu corpo aos enfermos, e as doenças os deixavam e saíam deles os espíritos malignos. 
(At 18,11-12)



Passagens que mostram que os mortos vivem em Deus  intrcedendo por nós e que suas obras e méritos alcançados em vida são usadas em nosso favor:

Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó. E Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus.
(Êxodo 3:6)



 E Deus disse mais a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó, me enviou a vós; este é o meu nome eternamente, e este é o meu memorial de geração em geração.
(Êxodo 3:15)


 Lembra-te de Abraão, de Isaque, e de Israel, teus servos, aos quais por ti mesmo juraste, e lhes disseste: Multiplicarei os vossos descendentes como as estrelas do céu, e lhes darei toda esta terra de que tenho falado, e eles a possuirão por herança para sempre.
(Êxodo 32:13)



 Lembra-te dos teus servos, Abraão, Isaque e Jacó; não atentes para a dureza deste povo, nem para a sua iniqüidade, nem para o seu pecado;
(Deuteronômio 9:27)


 O Senhor, porém, teve misericórdia deles, e se compadeceu deles, e se tornou para eles, por amor do seu pacto com Abraão, Isaque e Jacó; e não os quis destruir nem lançá-los da sua presença
(2 Reis 13:23)



 Porque se lembrou da sua santa palavra, e de Abraão, seu servo.
(Salmos 105:42)


  Quem é Deus semelhante a ti, que perdoas a iniqüidade, e que te esqueces da transgressão do resto da tua herança? O Senhor não retém a sua ira para sempre, porque ele se deleita na benignidade.
19 Tornará a apiedar-se de nós; pisará aos pés as nossas iniqüidades. Tu lançarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar. 
20 Mostrarás a Jacó a fidelidade, e a Abraão a benignidade, conforme juraste a nossos pais desde os dias antigos. 
(Miquéias 7,18-20 )

Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó? Ora, ele não é Deus de mortos, mas de vivos.
(Mateus 22:32)

 
Quanto aos mortos, porém, serem ressuscitados, não lestes no livro de Moisés, onde se fala da sarça, como Deus lhe disse: Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó?
(Marcos 12:26)



 Veio a morrer o mendigo, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; morreu também o rico, e foi sepultado.
(Lucas 16:22)



 E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e envia-me Lázaro, para que molhe na água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.
(Lucas 16:24)








4- A INTERCESSÃO DOS SANTOS NA BÍBLIA



 






A oração aos santos e a Maria é possível (Apoc 8,3-4), pois para os cristãos desde os primeiros séculos da Igreja, aqueles que morrem no Senhor vivem para o Senhor e estão diante dele na glória do céu,
 "Ora Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos porque todos vivem para Ele” (Lc 20, 37-38) (Fl 1, 21, 23) (Lc 9, 28 ss), (LC 23, 42-43) e estão aguardando o desfecho final da história da humanidade (Apoc 6,9-11) .



Diante de Deus, os seus santos são como os anjos no céu
(Mt 22, 30), intercedendo pelos homens sem cessar (Apoc 7,13-15) (II Mac 15,12-15), por meio do único mediador da salvação, Jesus,“Porque só há um MEDIADOR” entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem” - (I Timóteo 2:5).

Esse trecho de Timóteo, mal interpretado pelos não católicos, é usado como argumento para dizer que os santos não podem interceder por nós, o que é um erro, pois o que Timóteo quer dizer é que Jesus é o mediador da salvação dos homens, porém por meio dele podemos oferecer nossas orações também
(I Timóteo 2:1).

Os santos podem interceder por nós, e são nossos mediadores, pois quem ora pelo outro está sendo mediador entre o outro e Deus
(Dt 5, 5), (Jer 15, 1 ss), um exemplo claro disso, vemos nos Atos dos Apóstolos, como Deus fazia milagres pela mediação de São Paulo:




"11 E Deus pelas mãos de Paulo fazia milagres extraordinários,
12 de sorte que lenços e aventais eram levados do seu corpo aos enfermos, e as doenças os deixavam e saíam deles os espíritos malignos. "
(At 18,11-12)

 


 E o próprio Timóteo diz que "Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações e intercessões e ações de graça em favor de todos os homens"  (I Timóteo 2:1), se podemos orar em vida, também podemos orar na presença do senhor após a morte (Fl 1, 21, 23), (II Mac 15,12-15), (Lc 16, 19 e ss), (Lc 20, 37-38), (Apoc 6,9-11), (Apoc 8,3-4).


Até na parábola do rico avarento, Jesus nos mostrou a possibilidade dessa intercessão
(Lc 16, 19 e ss), em que o homem rico, já falecido intercede por seus parentes em vida.

A mediação de Maria e dos santos é possível (II Mac 15,12-15)
, assim como é possível que oremos por nossos irmãos na terra (Tgo 5, 16), (I Tm 2, 1-5) .

No antigo Testamento, já vemos sinais dessa possibilidade, só completa com a redençao de Cristo e sua entrada no céu:

 


"E o Senhor disse-me: ainda que Moisés e Samuel se pusessem diante de mim, a minha alma não se inclinaria para este povo; tira-os da minha face e retirem-se" (Jer 15, 1 ss).



(Dt 5, 5): "Eu fui naquele tempo intérprete e mediador entre o Senhor e vós".


"Tomai sete touros... e ide a meu servo Job... o meu servo Job... orará por vós e admitirei propício a sua face" (Job 42, 8)



Onias (…) estava com as mãos estendidas, INTERCEDENDO por toda a comunidade dos judeus.
 
Apareceu a seguir um homem notável (…) Esse é aquele que MUITO ORA pelo povo e por toda cidade santa, é Jeremias, o Profeta de Deus.”

(2Mac 15,12-14) 



5- PODEMOS NOS AJOELHAR E LOUVAR OS SANTOS?



 







Ajoelhar-se nem sempre é sinal de adoração, mas veneração, tudo depende da intenção com que fazemos o gesto:


Levantando Abraão os olhos, olhou e eis três homens de pé em frente dele. Quando os viu, correu da porta da tenda ao seu encontro, e prostrou-se em terra,
(Gênesis 18:2)

 tarde chegaram os dois anjos a Sodoma. Ló estava sentado à porta de Sodoma e, vendo-os, levantou-se para os receber; prostrou-se com o rosto em terra,
(Gênesis 19:1)


 
Então o Senhor abriu os olhos a Balaão, e ele viu o anjo do Senhor parado no caminho, e a sua espada desembainhada na mão; pelo que inclinou a cabeça, e prostrou-se com o rosto em terra.
(Números 22:31)



 
Vendo, pois, Abigail a Davi, apressou-se, desceu do jumento e prostrou-se sobre o seu rosto diante de Davi, inclinando-se à terra,
(1 Samuel 25:23)



 
Então Joabe se prostrou com o rosto em terra e, fazendo uma reverência, abençoou o rei; e disse Joabe: Hoje conhece o teu servo que achei graça aos teus olhos, ó rei meu senhor, porque o rei fez segundo a palavra do teu servo.
(2 Samuel 14:22)



 Foi, pois, Joabe à presença do rei, e lho disse. Então o rei chamou Absalão, e ele entrou à presença do rei, e se prostrou com o rosto em terra diante do rei; e o rei beijou Absalão.
(2 Samuel 14:33)

Bate-Seba inclinou a cabeça, e se prostrou perante o rei. Então o rei lhe perguntou: Que queres? (1 Reis 1:16) 

 ao terceiro dia veio um homem do arraial de Saul, com as vestes rasgadas e a cabeça coberta de terra; e, chegando ele a Davi, prostrou-se em terra e lhe fez reverência.
(2 Samuel 1:2)

 Quando, pois, Obadias já estava em caminho, eis que Elias se encontrou com ele; e Obadias, reconhecendo-o, prostrou-se com o rosto em terra e disse: És tu, meu senhor Elias?
(1 Reis 18:7)


 Quando Davi se vinha chegando a Ornã, este olhou e o viu e, saindo da terra, prostrou-se diante dele com o rosto em terra.
(1 Crônicas 21:21)


Em outras passagens bíblicas vemos que, dependendo da intenção, ajoelhar-se é sinal de adoração:

Logo que ouvirdes o som da trombeta, da flauta, da harpa, da cítara, do saltério, da gaita de foles, e de toda a sorte de música, prostrar-vos-eis, e adorareis a imagem de ouro que o rei Nabucodonozor tem levantado.
(Daniel 3:5)

E qualquer que não se prostrar e não a adorar, será na mesma hora lançado dentro duma fornalha de fogo ardente.
(Daniel 3:6)


 

O QUE CONTA É A INTENÇÃO MAIS QUE O GESTO


  Assim, Abrão e Ló se ajoelharam diante de anjos em veneração, já São João , no Apocalipse, foi criticado por se ajoelhar em intenção de adoração:



 
10 Então me lancei a seus pés para adorá-lo, mas ele me disse: Olha, não faças tal: sou conservo teu e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus; adora a Deus; pois o testemunho de Jesus é o espírito da profecia. (Apo 19,10)



 8 Eu, João, sou o que ouvi e vi estas coisas. E quando as ouvi e vi, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava, para o adorar.
9 Mas ele me disse: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus.
 (Apo 22, 8-9)

Assim, vemos que não há problemas em se ajoelhar para pedir oração a um santo, anjo ou Maria, pois é sinal de respeito, veneração, reverência, do mesmo modo que Abrão, Ló, Davi, Abigail.

O louvor que prestamos aos santos, é a recordação de suas virtudes, pois "Bom renome vale mais que grandes riquezas e a boa reputação vale mais que a prata e o ouro" (Pr 22,1) e os santos não necessitem de nossos louvores, pois "cada um receberá de Deus o louvor que tiver merecido" (I Cor 4,5) e Deus "que os chamou, também os tornou justos; e aos que tornou justos, também os glorificou" (Rm 8,30)

O louvor que prestamos aos santos é reconhecer suas virtudes, seu testemunho, pois "a obra dos santos os segue" (Apo 14,13).

Como diz o livro do Eclesiástico:

 "Façamos o elogio dos homens ilustres,
que são nossos antepassados, em sua linhagem (Eclo 44,1)." 

São Pedro falando sobre o comportamento da mulher cristã , em sua carta, também lembrou o exemplo das santas mulheres, mostrando veneração e respeito por elas, assim as louvou por suas atitudes, mostrando-as como modelo de fé:

"Era assim que se adornavam outrora , as santas mulheres que colocavam sua esperança em Deus (...) Deste modo, Sara obedeceu a Abrão chamando-o seu senhor. Vós vos tornareis filhas de Sara, se praticardes o bem, sem vos deixardes intimidar por ninguém."
(I Pe 3,5-6)


Jesus, em sua parábola do rico e Lázaro (Lc 16, 19-30), nos mostra Abraão, como um exemplo de santo, onde em seu seio repousam os justos, ou seja um lugar de descanso, como um paraíso intermediário.

 O homem rico, falecido, venerando Abraão, ao chamá-lo de Pai, nos mostra o culto que em nossa Igreja chamamos de Dulia, veneração aos justos, e ainda pede sua intercessão pelos vivos.

Esse é um culto de veneração, repeito, honra da memória, o que na Igreja se chama de Culto de Dulia.

Jesus também mostra esse culto ao louvar João Batista, afirmando que não há outro maior que João Batista (Mt 11,11), como também, vemos o louvor aos santos, no sermão da montanha, ao elencar as bem-aventuranças (Mt 5, 1-12).

Louvar os santos é proclamar a bem-aventurança deles,  como Isabel para Maria:

"Bendita és tu, entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre!" (Lc 1,43)

O Culto de Latria é o que chamamos de adoração só prestado a Trindade Santa de um só Deus, Pai, Filho e Espírito Santo.

 É reconhecer que tudo vem de Deus, que ele é o Criador, Salvador, Verdadeiro Amor e Vida de nossa alma e que sem Ele nada somos.



 
"Bem-aventurados os que habitam em tua casa;
 louvar-te-ão continuamente. "
(Salmos 84:4)






































 

92 comentários:

  1. Tais argumentos não condizem com o contexto bíblico. Texto sem contexto vira pretexto. Irmão, poderia explicar porque Estevão não foi canonizado depois de morto? Ora, ele morreu como mártir, na obra de Deus! Depois da sua morte, passaram anos de fatos no livro de Atos e não foi mencionado o mártir Estevão sendo crido como santo padroeiro, etc. Leia o texto de Atos 7... "[...] E, ouvindo eles isto, enfureciam-se em seus corações, e rangiam os dentes contra ele. Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e JESUS, que estava À DIREITA DE DEUS; e disse: Eis que vejo os céus abertos, e o FILHO DO HOMEM, que está em pé À MÃO DIREITA DE DEUS. Mas eles gritaram com grande voz, taparam os seus ouvidos, e arremeteram unânimes contra ele. E, expulsando-o da cidade, o apedrejavam. E as testemunhas depuseram as suas capas aos pés de um jovem chamado Saulo. E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito. E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu." (Atos 7:54-60).VEJA QUE ESTEVÃO FOI MORTO...ME MOSTRE UM OUTRO TEXTO BÍBLICO DEPOIS DISSO ONDE É FEITO FESTAS E CULTOS EM HOMENAGENS A ELE. MOSTRE-ME EM QUE PARTE ESTEVÃO FOI BEATIFICADO DEPOIS DE MORTO. ALIÁS, NO TEXTO BÍBLICO QUE CITEI PODEMOS OBSERVAR UM OUTRO DETALHE: Foi UNICAMENTE o Senhor Jesus que ESTEVÃO viu à direita de Deus, e não um santo que já havia morrido. A Bíblia nos diz em Romanos 8,34 que Jesus "está à direita de Deus, e também intercede por nós". A expressão "também" não indica que outros intercedem, mas porque Paulo afirma que Jesus morreu e ressuscitou por nós. A Bíblia afirma: "Portanto, [Jesus] pode também salvar perfeitamente os que POR ELE se chegam a Deus, vivendo sempre para INTERCEDER por eles. Porque nos convinha tal sumo sacerdote, SANTO, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus" (Hebreus 7,25-26). Se a Igreja Católica se diz "Apostólica", me mostre qual apóstolo acendeu vela pra Estevão, me mostre qual apóstolo ensinou a veneração a Maria, me mostre qual apóstolo se prostrou diante de uma imagem de santo ( de Estevão, por exemplo), me mostre qual apóstolo pregou toda essa tradição católica. SE você me provar, eu volto pra igreja católica.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. 1- O texto é claro em dizer que "Estêvão foi o primeiro de uma série de mártires cristãos." Não diz que ele foi canonizado, pois isso não foi necessário.

      2- Estude antes de falar bobagens: No início do Cristianismo, quem canonizava (proclamava) um fiel como Santo era o próprio povo cristão, que recebia curas e milagres pela intercessão dos Santos Mártires. Os Mártires foram os primeiros Santos. Posteriormente, os Bispos, com o Papa, ficaram responsáveis de averiguar se a pessoa venerada era Santo ( heroi que viveu o Evangelho de modo exemplar e serve de exemplo de vida para os demais Tiago 5,10; Hebreus 6,12; 13,7).

      3- Você não é católico, então não venha julgar nossa fé que você estupidamente mostra desconhecer. Você acha que a Bíblia caiu do céu? Quem decidiu os Evangelhos que fariam parte da Bíblia e todo o Novo Testamento foi a Igreja Católica no ano 300 em diante e não a sua. Estude antes.

      4- Se você não sabe estudar a Bíblia: Jesus é o único Mediador da Salvação Heb 8,6, mas o Espírito Santo também intercede por nós Rom 8,26 e todos os Santos da terra ou do céu também podem interceder I Tim 2,1, pois Cristo é a Cabeça da Igreja e todos os Santos estão vivos em Cristo e fazem parte do Corpo dele e a morte não nos separa de Cristo Rom 8,38-39.

      6- Estevão não viu os santos. Mas São João os viu diante de Deus várias vezes Apo 4,4; Apo 14,1-5 e orando no céu Apo 6,9ss e oferecendo as orações dos fieis da terra diante de Deus Apo 5,8. São João diz claramente que os Santos estão diante de Deus de dia e de noite Apo 7,15. Paulo diz isso indiretamente Fil 1,23. Sem falar nos Apóstolos que viram os Santos Elias e Moisés Luc 9,30.

      5- A Igreja Católica não se diz Apostólica, ela é. Nós temos cartas e documentos de cristãos do início dos séculos que falam dela e todos buscam afirmar sempre a mesma doutrina que hoje professamos: a Igreja é uma, colocada sobre a autoridade de Pedro.

      6- Os judeus se prostravam diante de imagens de santos Anjos colocadas sobre a Arca Josué 7,6, se ajoelhavam diante de uma caixa de madeira, e veneraram a imagem da Serpente por ordem de Deus Numeros 21,7-9. Para você que não sabe, venerar é uma atitude de respeito e honra que é diferente de adorar. Adorar é reconhecer o Tudo que é Deus. Deus mandou fazer imagens Ex 25,18-22; Numeros 21,7-9. O Templo de Jerusalém era coberto com imagens de querubins em formas humanas e de animais Ezequiel 41,1. 17-26

      7- A Igreja Católica é a única Igreja que vem desde o início e o Culto aos Santos, como explicado acima, tem base bíblica, mas se iniciou efetivamente com a perseguição sofrida pelos cristãos. Os cristão que eram martirizados passaram a ser venerados ( honrados como exemplos de vida e tinham a data de sua morte como sua festa). Os cristãos celebravam a Missa na catacumba deles e alcançavam graças, curas e milagres pela intercessão deles. Isso antes do ano 300. O que mostra quão antigo é esse culto.

      8- as velas eram usadas no culto judaico Ex 25,31-40 e dai passou ao uso cristão Apo 1,12 , simbolizam a oração contínua e ao acendê-la posso pedir a intercessão de um irmão mais Santo, como Santo Estevão, pois a oração de um justo tem grande poder Tiago 5,16.

      9- Não estou interessado em que você volte para a Igreja Católica, pois você nunca pertenceu a ela. Fique em sua seita fundada a alguns anos ou ontem, se você gosta. Eu fico na única Igreja que tem história,que fez a Bíblia cristã, que tem milagres comprovados cientificamente, que marcou a história do mundo e ainda hoje continua atuando nele. Tenho orgulho de ser católico.


      Excluir
    2. Amigo, nós como católicos devemos orar por nossos irmãos protestantes, que de alguma forma, adoram a Cristo. E graças aos mártires, eles poderão ser perdoados e salvos. Oremos, querido amigo. Abraços. Aos protestantes, qualquer dúvida que tenham, estejam abertos ao diálogo com os católicos. E perdoe-nos pela historia tenebrosa de alguns católicos de séculos anteriores. A própria Igreja pediu perdão, e em suas obras nos dias de hoje, busca se retratar perante a humanidade. Embora tenhamos Cristo como cabeça, somos um corpo humano, cheio de fraquezas. Mas nosso objetivo é ser santo! ��

      Excluir
  2. Boa tarde pessoal. Nossa infelizmente tudo que Jesus pregou está acontecendo. Parem e pensem um pouco, se todos nos consideramos cristãos, tanto católicos, evangélicos ou outros, como podemos dizer que somos cristãos se nos afrontamos uns aos outros??? Como um cristão pode dizer que prefere ficar com a salvação pra si e não se importar com o semelhante??? Do mesmo modo como um cristão julga se o que um faz é certo ou errado??? Temos que anunciar a salvação e não o contrário, temos que anunciar o evangelho, o amor que Jesus mostrou e provou por todos nós. Morreu por nós, e não julgou os que o matavam. E hoje o que vemos e lemos é muito triste. Quantas almas se perdem no meio dessa disputa a qual somos grandes responsáveis, quantas almas nós mesmo estamos sendo conivente para a perdição devido a atos e exemplos como estes??? Então amados deixem esses impasses pessoais e doutrinais e voltem-se ao real propósito de Cristo em nossas vidas. Deus os abençoe, em nome de Jesus. Amém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito pertinente sua colocação parabéns!

      Excluir
  3. Nossa Senhora !!!!!!!!!!! que blog legal !!!!!!!!!!

    Continue com essa vontade , e que o nosso Senhor te de forças .

    ResponderExcluir
  4. Parabéns muito bom o seu blog. Que a fé de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja contigo.

    ResponderExcluir
  5. Excelente! simplesmente excelente! continue sempre!

    Alessandro Moreira

    ResponderExcluir
  6. O problema do catolicismo é suprimir a Cristo em favor dos santos, as escrituras são tão claras, Jesus é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo; aí o cidadão quer orar a um santo faz um estudo deste tamanho justificando a fé em outros que não realizaram 1% do ministério de Cristo.

    Quem carregou a cruz foi Jesus, quem morreu e ressuscitou foi Jesus, quem realizou a cruz e fez o caminho ao Pai foi Cristo, todo o evangelho se resume a obra de Jesus. A verdade é muito simples, não há outro caminho fora de Jesus.

    Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

    Continue defendendo seus santos mas quando orar para que eles realizem a mediação até a Deus, lembre-se do que eles representam para o evangelho, qual obra realizaram.

    Maria deu a luz ao filho de Deus. Se ele não morresse na cruz ela seria apenas uma mãe qualquer, opa, peraí, ele morreu na cruz e ela, o que fez?
    Trouxe o menino ao mundo, o criou e educou, como qualquer boa mãe faria...

    Estêvão foi condenado por pregar o evangelho, não diferente do que muitos outros fizeram e fazem até hoje...

    Ore a Cristo e pense na obra que ele realizou, simplesmente não haveria evangelho nem caminho a Deus, o povo já não suportava a lei e não havia outra salvação fora da lei, pense em quantos trilhões de animais seriam sacrificados para perdão dos pecados de um povo que constantemente pecava e rompia suas alianças com Deus...
    Ninguém neste mundo poderia realizar obra semelhante, nenhum mártir, nenhum santo, pode bater no peito e dizer: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Catolicismo não tem problemas. O Problema é você, que por ser ignorante deturpa as passagens da Escritura Sagrada (II Pedro 3,16) e segue a diversidade de doutrinas estranhas (Hebreus13,9) criadas a partir de 1500 em diante.

      1- A fé na intercessão dos Santos sempre foi incontestável pelos cristãos desde os anos iniciais 100 até 1500. Onde estava sua igreja? Simplesmente sua doutrina não existia. A Igreja Católica sempre existiu e a fé na intercessão dos Santos também.

      2- Seu texto é ignorância pura. Você leu algo acima? Tudo o que você fala sobre Jesus nós sabemos desde o início dos séculos. Você é que não sabe nada sobre nossa doutrina, pois a sua é uma invenção de homens. Leia nosso Credo. (Se é que você sabe o que é o Credo).

      3- Cristo é o centro e os Santos são intercessores ( II Cor 5,15; Apo 14,4).
      Como eu ou você pode interceder e pedir orações (Rom 15,30; Fil 1,19) , posso pedir que um Santo interceda por mim (Apo 5,8; 6,9ss), pois para nós, católicos, cristãos que veem desde o início, diferente de vocês, acreditamos na vida após a morte em Cristo (II Cor 5,8; Fil 1,23; I Tes 5,10) e a morte não nos separa dele (Rom 8,38-39) , nem impede que possa conversar com eles e pedir-lhes oração (II Cor 5,9; Heb 11,4; ITes 5,10; II Ped 1,15; Apo 7,13-14) ou que eles possam interceder por nós nos ajudando (II Ped 1,15; Heb 11,4; Apo 5,8. 6,9ss; Luc 16, 19ss)
      E por serem totalmente justos e estarem diante do trono do Altíssimo (Heb 12,23; Apo 7,15) podem nos ajudar com mais eficácia (Tg 5,16).

      3- Nós veneramos Maria, sabe por quê? Porque Maria foi a Mãe de Nosso Senhor e Deus. Você sabe quem foi Jesus? Você adora Jesus? Imagine ser a carne da carne dele e o sangue do sangue dele. Imagine tê-lo dentro do seio e possuir laços que ninguém nunca terá. Saber quando ele estava triste ou alegre, ter pressentimentos sobre o que estaria acontecendo com ele, coisas que só uma Mãe tem.
      Nós somos quem mais adora Jesus, porque reconhecemos sua divindade.
      Nós somos quem mais adora Jesus, porque reconhecemos o dom da graça que só Maria teve e você nem ninguém terá.
      Nós somos quem mais adora Jesus, por isso veneramos Maria.

      Maria será igual a qualquer mulher, no dia que qualquer mulher der à luz um Deus Salvador.

      Excluir
    2. Orion ... Vc tem Facebook? Cara ...... nunca vi um apologista tão fera ... preciso de amizades como vc..tenho muitas dúvidas e desafios em minha caminhada.

      Excluir
    3. Pode mandar contato pelo email brevariorezai@gmail.com

      Excluir
  7. Olá,

    qual seria a interpretação do versículo " porque há um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem."?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Music Shop, você não leu o texto da postagem que diz:
      Veja o versículo 1

      "Esse trecho de Timóteo (I Timóteo 2:5), mal interpretado pelos "não católicos", vocês, protestantes, é usado como argumento para dizer que os santos não podem interceder por nós, o que é um erro, pois o que Timóteo quer dizer é que Jesus é o mediador da salvação dos homens (Hebreus 8,6), porém por meio dele podemos oferecer nossas orações também (I Timóteo 2,1).


      O texto completo diz:
      1 Timóteo 2
      1 Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens;
      ( O APÓSTOLO AFIRMA QUE SOMOS MEDIADORES)
      2 Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade;
      3 Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,
      4 Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade.
      5 Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.
      ( HÁ UM SÓ MEDIADOR DA SALVAÇÃO (VEJA HEBREUS 8,6, MAS NÃO UM SÓ INTERCESSOR -

      O ESPÍRITO INTERCEDE, também é mediador, (Romanos 8,26),

      NÓS INTERCEDEMOS, somos mediadores (Romanos 10,1;15,30; Filipenses 1,19)

      OS SANTOS DO CÉU INTERCEDEM, são nossos mediadores, (Veja em Lucas 16,19ss; II Coríntios 5,9; I Tessalonicenses 5,10; Hebreus 11,4; Apocalipse 5,8; 6, 9-11; 7,15 )

      Excluir
  8. Joia. Q bom que eesa "discursões "fossem mais divulgadas.Ja notaram
    como os protestantes se irritam qdo falamos emnossa Senhora???qta ignorância.

    ResponderExcluir
  9. Só uma pergunta
    Qual sem pesquisar qual nome da mãe do Pelé, do Cristiano Ronaldo, Pratini, Maradona, Ronaldo. Eles são grandes jogadores porque herdaram isso da mãe deles?
    Ou fizeram por merecer?
    Honra e glória à quem é de Direito no Caso Jesus, Deus teria enviado ele sem precisar de vazo nenhum Maria é apenas um vazo na qual não merece toda esta atenção dispensada esta atenção tem que ser voltada só pra Deus, foi Jesus que morreu na cruz pra salvar a vida de todos não Maria, se Maria tivesse morrido no lugar dele não teria resolvido nada.
    O verdadeiro cordeiro é Jesus e quando o véu se rasgou com sua morte ele tirou qualquer intercessor pra tratar com Deus ninguém chega ao Pai se não por mim ele não disse senão por nenhum Santo que os Homens vem nomear.
    Se eu entendi direito ou é Jesus Cristo ou ele esta mentindo pra todos e os homens estão certos.
    Em cima disso eu acredito em Cristo. O resto é resto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só uma pergunta
      A mãe do Pelé, do Cristiano Ronaldo, Pratini, Maradona, Ronaldo, gerou algum Deus Onipotente, Santíssimo, Salvador, Redentor, Criador de tudo?
      Eles são grandes jogadores e isso significa o que para a humanidade?
      Eles fizeram por merecer o que mesmo?
      E a genética deles e de qualquer ser humano não vem de seus pais? Jesus teve pai? Não! Jesus herdou tudo da Mãe.
      Você disse tudo: "Deus teria enviado ele sem precisar de vazo nenhum".
      Então, responda: Por que Deus enviou seu Filho através de Maria? Por que Deus a escolheu? Por que Deus quis ser menino e ser criado por ela? Por que Deus quis ser amado por Maria? Por que Deus quis sentir o amor de Mãe dela? Perguntas que você com sua filososfia cega não reponderá.
      Maria não é um vaso "que não merece toda esta atenção dispensada". Maria é um Vaso de Honra (2 Timóteo 2,20-21), por isso o Espírito Santo inspirou Isabel a louvá-la (Lucas 1,42-43). Maria é o Vaso escolhido (Atos 9,15) , o Vaso que guardou o Pão descido do céu, Jesus (Hebreus 9,4).
      Nossa Igreja Católica, única que vem desde o início, sempre seguiu o que a Biblia afirmou, que devemos louvá-la (Lucas 1,48). O Louvor dado aos Santos é bíblico ( 1 Coríntios 11,2; 17; I Pedro 2,14; Salmo 33,1;Cântico dos Cânticos 6,9; Provérbios 31,30) e não se direciona aos Santos, mas a Deus, pois vendo suas obras glorificamos ao Pai que os santificou (Mateus 5, 16). Maria é Santíssima, pois só ela foi a escolhida, só ela é a Mãe de Deus, só ela está mergulhada toda no mistério da Trindade (Lucas 1,35), ela sempre será um mistério.
      Por que louvamos a Maria? Porque reconhecemos que o Filho dela é tudo e pensamos como é ser a mâe dele, como foi cuidar dele, admiramos a vida dela, pois meditamos no mistério da Divindade de Jesus, no sangue que ele derramou na cruz, sangue que veio dela, o que a une ao mistério dele, ela esteve com ele antes de ele nascer e esteve até o fim da vida dele e até ao início da Igreja, ela é um mistério. Por que Deus a quis? Medite. Ninguém vai ao Pai senão por meio de Jesus, mas isso impede de sermos intercessores? Não! A Bíblia manda sermos intercessores através da mediação única de Jesus, Mediador da Salvação (I Timóteo 2, 1-6). Mas os Santos e Maria são mediadores como nós os somos (I Timóteo 2,1). Estude a Bíblia com a Igreja Católica e aprenderá mais. E o resto não é resto. Todos os Santos merecem nosso respeito. Até Jesus respeitava Moisés, Elias, Abraão. Leia o Evangelho direito. Não confunda respeito, honra, louvor com adoração que devemos dar só a Deus.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. O Catecismo traz uma ótima explicação sobre o mistério da Santíssima Trindade.
      Só tome cuidado, Iakov, pois você diz que "...acreditar em Jesus que ele e o proprio pai", e, na verdade, Jesus e o Pai são pessoas diferentes, são um só Deus, mas pessoas diferentes. O Catecismo explica melhor isso.
      E sobre denominação, também tome cuidado, pois a Igreja Católica não é uma denominação. Ela é a única Igreja fundada por Cristo que vem desde os Apóstolos. Denominações são as igrejas protestantes "evangélicas", a nossa Igreja é a única fundada desde os Apóstolos e não faz parte desse mundo infinito de denominações inventadas a cada dia. Leia Mateus 16,18; 18,17-18; I Timóteo 3,15; Efésios 4, 4-6. As divisões na Igreja não são de Deus, leia I Coríntios 1,11-16. E nossa Igreja procura o diálogo com todos e também devemos buscar, mas não podemos esquecer de afirmar nossa fé católica, respeitando as diferenças mesmo assim.

      Excluir
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, bem antes de Cristo já existia o Culto aos Santos.

      1 - Você nunca leu sobre o culto dado a Abraão, Moisés, Isaac, Jacó, Profetas, etc?
      Você já leu Jesus dizendo que os judeus colocavam sua esperança em Moisés?
      Você já leu Jesus mostrando Abraão como um santo que acolhe as almas em seu seio? E que Abrão era chamado de Pai? O Santo Pai Abraão?
      Você já leu orações onde se invoca os nomes e méritos dos Santos Abraão, Isaac e Jacó para suplicar misericórida a Deus?
      Você já leu o Evangelho mostrando que os Profetas eram cultuados?
      Os judeus adoravam Abraão, Isaac, Moisés, os profetas, etc? Não! Eles veneravam. Venerar é invocar seus nomes e méritos, tê-los como exemplos, modelos de fé, pais e mães na fé.
      Fragilizado e sem base moral concreta é dizer que não se cultuavam santos, quando o próprio Jesus, os Evangelhos e toda a Bíblia fala desse culto.
      São Paulo faz uma lista dos exemplos dos Santos Abel, Sara, Abraão,etc. Eles não eram pessoas quaisquer como vocês protestantes falam.

      2 - Outro erro seu é dizer que não é católico nem protestante.
      Se você não é católico, você é protestante, protestante sem igreja, o que é um erro grave.
      Jesus e a Igreja são um. Você não conheceria Jesus sem a Igreja. Você só crê que Jesus é Deus porque a Igreja Católica definiu e ensinou isso, assim como o dogma da Trindade e toda a lista da Bíblia. Sabia? Acho que não!
      Jesus disse que se você não ouve a Igreja, você é apenas um pagão! Então, se você não é católico, nem protestante, você é pagão.

      3 - Sobre comparar o culto aos santos com o culto aos deuses para tentar desprezá-lo, isso é um erro e contradição.
      Primeiro, porque podemos dizer o mesmo com relação a Jesus.
      Você acha que Jesus é o único Filho de um Deus?
      Nunca ouviu falar dos semideuses gregos pagãos?
      Perseu também era filho de um deus. Buda também foi filho de uma virgem. Baco também deu sua carne e sangue em alimento aos fiéis. Osiris também é um deus ressuscitado. Zeus também era chamado de rei dos céus ou pai dos céus. Oxalá também é um deus mediador entre o Deus maior e os homens.
      Quer dizer então que acreditar em Jesus é ser medíocre? Já que também podemos fazer paralelos entre Jesus e os deuses pagãos?
      Seu argumento não se sustenta.

      4 - versículos para você ler e meditar:

      Jesus fazia a memória dos Santos patriarcas e profetas - Lucas 13,28; 19,9
      O povo venerava Samuel - 1 Sam 12,6-7.17-19
      Jesus diz que os judeus veneravam Moisés - João 5,45
      Os judeus veneravam a memória do Pai Abraão - Mateus 3,9; João 8,53-58
      Os judeus veneravam os profetas - Lucas 6, 24; 7,16; 11,47.49
      A Igreja deve fazer a memória dos Santos - Marcos 14,9; Mateus 26,12-13; Filipenses 3,17; Tiago 5,10; Hebreus 13,7
      Invocação, oração e devoção aos Santos - Gênesis 48,14-16; Marcos 15,35; Lucas 16,9;19,9.24; I Tessalonicenses 1,2-3; Êxodo 32,13; Deuteronômio 9,27; II Reis 2,14; 13,23; Neemias 1,8; Salmos 105,42; 131,10; Mateus 27, 46-49;

      Jesus disse que os discípulos perfeitos (os santos) são como o Mestre, por isso devemos venerar-lhes a memória - Lucas 6,40
      Veneração a São João Batista - Lucas 7,28

      São Paulo venera a memória dos Santos em todo o Capítulo 11 da Carta aos Hebreus.

      Excluir
    2. Rapaz,nunca vi tantos erros de interpretação juntos.

      Excluir
    3. Adriano Silva,
      sua frase mostra que você nem sabe o que é interpretação nem história.
      1- Quem prega livre interpretação da Bíblia?
      Vocês, protestantes, evangélicos.
      Pregam uma coisa e fazem outra?

      2- Historicamente falando, quem inventou e inventa uma doutrina cristã que nunca existiu?
      Vocês, pois todos os cristãos até 1500 acreditavam, invocavam e veneravam os Santos.

      Quando falo todos os cristãos, é porque não existiam só cristãos romanos, mas tinham ortodoxos, coptas, etc. Não eram só oscristãos e Roma que veneravam os Santos.

      Quando foi que disseram que não era para invocar os Santos?
      Quando surgiu a bagunça doutrinal protestante "evangélica" a partir de 1500.

      Logo, a pessoa que jamais deveria falar em ERRO de interpretação são vocês.

      Sabe por que?

      Porque vocês não conseguem formular uma só doutrina, uma só igreja, e ainda querem dar pitaco na dos outros?

      Excluir
  11. Muito bom o texto, eu fiz este estudo a um tempo atras e encontrei bastante passagem, mas vou recomeçar analizando esse texto. Muito bacana, com o Auxilio do Espirito Santo vou mergulhar ainda mais no conhecimento da Palavra e na doutrina da Igreja.
    Pois sem o Espirito de Deus não é possivel , pois Diz a Palavra:os espiritos poucos fortalecidos ad deturpam para sua propria ruina.

    ResponderExcluir
  12. Ola, a Paz esteja contigo, foi muito bacana ter encontrado esse texto, nossa que conteudo intensso, eu não sou muito bom nessas coisas de internet e dificilmente comento algo. Mas esse material é imprecionante, a algum tempo atras eu fiz um estudo sobre os santos e procurei em toda a Biblia passagens sobre o assunto, achei muitas, só que vendo isso me deparei que tem muito mais, fantastico, como podemos ir muito alem no colhecimento da Igreja e de Cristo que é o fundamento.
    Vou com certeza rever desde o inicio tudo que já tinha anotado cada passagem e ir muito mais a fundo, com a Graça de Deus e a luz do Espirito Santo..
    Bom, sem o Espirito Santo não da pra compriender a Sagrda Escritura não é mesmo, deve ser por isso que eles a deturpam pra sua propria ruina pois os espiritos pouco fortalecidos não tem a coragem de perguntar a Deus e pedir que lhe mostrem a Verdade.
    Mas a vc que colocou esse texto, só peço a Deus que te guarde, abençoe e te de a Paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente que tenha gostado. Seja sempre bem vindo e que Deus o abençoe em dobro.
      Há mais versículos sobre o culto aos Santos em:
      http://santossanctorum.blogspot.com.br/p/intercessao-dos-santos-na-biblia.html

      http://rezairezairezai.blogspot.com.br/search/label/INTERCESS%C3%83O%20DOS%20SANTOS%20NA%20B%C3%8DBLIA

      http://rezairezairezai.blogspot.com.br/2015/09/os-santos-cultuados-na-biblia-antes-da.html

      Excluir
  13. sou catolica praticante ,mas nunca tinha me aprofundado quanto aos santos ,uanto a Maria ,fui ensinada a amar desde de criança,por ela ser a mae de nosso Senhor Jesus Cristo,fui convidada a participar das reunioes da legiao de Maria na minha comunidadxe de fe,Santa Rita deCassia,no suecia,aqui em Belford Roxo,onde moro desde a minha infancia.senti a forte vontade de começar a pesquisar sobre a origem do culto aos santos e a Nossa Senhora,descobri neste blog muitas respostas e tirei varias duvidas,agora me sinto mais preparada para receber e honrar a minha consagraçao a Nossa Mae Santissima.Muito obrigada pelos esclarecimentos atraves dos comentarios e respostas muito inteligentes e embasadas na Biblia;A PAZ DE CRISTO <EO AMOR DE MARIA pra você!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente que tenha gostado. Obrigado por escrever aqui. É sempre bom saber que esse texto tem servido para ajudar os outros. Também tinha muitas dúvidas e tive de estudar e pesquisar bastante, por isso compartilho aqui um pouco do que aprendi. A PAZ DE CRISTO E O AMOR DE MARIA ESTEJA SEMPRE COM VOCÊ!

      Excluir
  14. Nada na Biblia ratifica esa adoração, principalmente aos santos criados pela igreja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, nada ratifica ADORAÇÃO, porque nós NÃO ADORAMOS SANTOS, se você é DESINFORMADO.

      A BÍBLIA RATIFICA NOSSA VENERAÇÃO AOS SANTOS.Lucas 13,28; 19,9; 1 Sam 12,6-7.17-19; João 5,45; Mateus 3,9; João 8,53-58; Lucas 6, 24; 7,16; 11,47.49; Marcos 14,9; Mateus 26,12-13; Filipenses 3,17; Tiago 5,10; Hebreus 13,7; Gênesis 48,14-16; Marcos 15,35; Lucas 16,9;19,9.24; I Tessalonicenses 1,2-3; Êxodo 32,13; Deuteronômio 9,27; II Reis 2,14; 13,23; Neemias 1,8; Salmos 105,42; 131,10; Mateus 27, 46-49;

      PRINCIPALMENTE, os Santos de nossa Igreja, pois a Igreja que fez a Bíblia que você lê muito mal, não pode definir se uma pessoa é exemplo de santidade?

      JESUS DEU TODO PODER À IGREJA e o que ela liga na terra é ligado no céu, isso é bíblico (Mateus 18:18).

      A IGREJA É A COLUNA E SUSTENTÁCULO DA VERDADE ( I Timóteo 3,15), NÃO A BÍBLIA.

      DIGA ONDE DIZ NA BÍBLIA QUE TUDO ESTÁ NA BÍBLIA?

      DIGA ONDE ESTÁ ESCRITO QUE NÃO DEVEMOS OBEDECER À IGREJA, MAS SÓ AO QUE ESTÁ ESCRITO NA BÍBLIA?

      DUVIDA VOCÊ ENCONTRAR!!!

      Excluir
  15. Obrigada eu estava a precisar de ler algo assim. Pedi a Deus que iluminasse o meu coração e encontrei seu blogue.

    ResponderExcluir
  16. Nobre autor, boa tarde! À luz do artigo proposto, como devemos compreender essa passagem das Escrituras: "E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste. Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam." e ainda Lucas 8:21: "Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam."?
    Ainda, gostaria de informações sobre Atos 2:34, pois que o apóstolo Pedro afirma que Davi (Salmista e Rei), embora toda sua obra para o povo de Deus, não subiu aos céus? Se ele não subiu aos céus, onde estaria?
    Agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo o que pregamos, já era pregado pelos cristãos dos anos 100-500. Santo Agostinho do ano 400-500 já explicava essas passagens.

      Qual discípulo mais praticou a Palavra e a guardou em seu coração em todo o Evangelho?

      Maria!

      Lucas 8,21 nos diz que Maria é Santa em primeiro lugar porque praticava a Palavra de Deus. Gerar e dar à luz à Palavra de Deus (João 1:14) foi uma consequência. Maria foi escolhida para Mãe de nosso Deus Jesus Cristo porque praticava a Palavra de Deus. Veja que ela se colocou como Escrava do Senhor (Lucas 1,38), foi visitar Isabel por caridade (Lucas 1,39), Guardava tudo no coração (Lucas 2:19, 51).

      Maria foi a primeira discípula. Ela já sabia que seu Filho era Poderoso e por causa dela, Jesus mudou seus planos e fez o primeiro milagre e seus discípulos creram nele, mas quem primeiro creu foi Ela (João 1-11).

      Maria é a Mãe do Senhor não porque apenas o gerou, mas porque foi a Principal discípula Dele, o seguiu até Jerusalém, ficou aos pés da cruz quando os Apóstolos o abandonaram com medo (João 19:25), esteve no dia da subida de seu Filho ao céu e no dia de Pentecostes quando o Espírito veio (Atos 1,14; 2,1).

      Maria é o único ser humano que foi fiel a Cristo antes de Ele vir ao mundo até depois de sua morte. Ela é o único ser humano profetizado no início da Bíblia (Gen 3; Isaías 7,14; Miquéias 5,3; Zacarias 2,10) e citado até no fim (Apo 12).

      Maria é maior que Davi, Moisés, Abraão, etc., por isso São João a vê como símbolo da Igreja, coroada de doze estrelas, como Rainha (Apo 12,1).
      Engraçado vocês ,protestantes "evangélicos", negarem a grandeza da Mulher, Maria, e viverem cantando o nome de Davi, que foi apenas uma sombra, uma preparação para sua descendência que é a Mulher Maria.

      Nenhum Santo subiu ao céu. Maria foi elevada aos céus. Deus por seu poder a elevou. Subir significa elevar-se por seu poder, e só Cristo o fez, pois só Cristo é Deus, mas a escritura diz que Cristo levou todos os Santos ao céu quando se elevou (1 Ped 3,18-19; Efésios 4:8). São João,no Apocalipse, mostra isso direto. Ele viu os Santos no céu louvando, intercedendo (Apo 5,8; 6,7).

      Assim que morremos, se estamos em santidade, vamos para o céu:


      Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus.
      2 Coríntios 5:1

      Mas temos confiança e desejamos antes deixar este corpo, para habitar com o Senhor.
      2 Coríntios 5,8

      Mas de ambos os lados estou em aperto, tendo desejo de partir, e estar com Cristo, porque isto é ainda muito melhor. Filipenses 1:23

      Com sua Ressurreição e Ascensão, Cristo abriu aos homens o Reino dos céus.

      Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos;
      À universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, E AOS ESPÍRITOS DOS JUSTOS APERFEIÇOADOS;
      Hebreus 12:22,23

      Excluir
  17. Caro, órion! Concordo com você no que se refere à mulher Maria, mãe de Jesus Cristo. Sem dúvida devemos respeito a ela por tudo o que ela nos ensinou, conforme podemos extrair dos textos constantes na Bíblia Sagrada. Enfrentou a morte desde o início de sua caminhada em nome do nosso Senhor Jesus Cristo e perseverou até o final de sua vida em oração juntamente com os apóstolos, como nos ensina o Cap 1:14 do livro de Atos.
    Mas gostaria de apontar algumas discordâncias à luz unicamente da Bíblia Sagrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já discordamos num ponto:

      Não se pode discordar "unicamente" à luz da Bíblia Sagrada:

      1.1 - Você segue uma tradição inventada a partir do Protestantismo, dependendo de sua igreja pode ter menos de 100 anos.
      Vocês discorda seguindo essa doutrina que lhe ensinaram, sua tradição protestante, que só faz , na maioria, distorcer tudo o que dizemos.

      1.2 - Quem fez a Bíblia? Resposta: A Igreja Católica! Lógico, quem sabe interpretá-la? Resposta: Quem a fez.
      Quem a fez ( A Igreja Católica), a fez pois tinha uma Tradição de Doutrina, ou seja, a doutrina veio antes da Bíblia.
      Quando os Apóstolos interpretavam o Antigo Testamento, eles seguiam uma Tradição.
      A própria Bíblia diz que ninguém pode interpretar a Bíblia sem auxílio, precisa de alguém que ensine, de uma Tradição:

      E ele disse: Como poderei entender, se alguém não me ensinar? E rogou a Filipe que subisse e com ele se assentasse.
      Atos 8:31


      A própria Bíblia diz que deve se guardar a Doutrina dos Apóstolos e que a Igreja e não a Bíblia é a Coluna da Verdade:

      Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina.
      Tito 2:1

      Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes.
      Tito 1:9

      Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade,
      1 Timóteo 6:3

      é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade. 1 Timóteo 3:15



      A NOSSA DOUTRINA SE BASEIA EM TRÊS PILARES:

      1- TRADIÇÃO ( Doutrina que recebemos dos primeiros Bispos e cristãos da Igreja ( a sua não existia))

      2- MAGISTÉRIO ( Jesus deixou Pedro e os Apóstolos e sues sucessores legítimos e históricos são o Papa ( Bispo de Roma, pois São Pedro foi Bispo de Roma) e os demais Bispos católicos)

      3- BÍBLIA (Lista dos Livros Sagrados formulada pelos primeiros cristãos Bispos e o Papa da Igreja Católica (MAGISTÉRIO), mediante sua TRADIÇÃO)

      A SUA DOUTRINA SE BASEIA:

      1 - UNICAMENTE NA BÍBLIA E NA LIVRE INTERPRETAÇÃO ( Qualquer um pode ler e interpretar)

      SUA DOUTRINA JÁ ERRA DE CARA, POIS A BÍBLIA DIZ QUE:

      primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.
      2 Pedro 1:20

      OS APÓSTOLOS CRITICAVAM ESSAS DIVISÕES DE DOUTRINAS GERADAS POR INTERPRETAÇÕES INDIVIDUAIS PROTESTANTES "EVANGÉLICAS":


      Rogo-vos, porém, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que digais todos uma mesma coisa, e que não haja entre vós dissensões; antes sejais unidos em um mesmo pensamento e em um mesmo parecer.
      1 Coríntios 1:10


      Estes são os que a si mesmos se separam, sensuais, que não têm o Espírito.
      Judas 1:19

      Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade;
      Filipenses 1:15

      SUA TRADIÇÃO E DOUTRINA DE CARA É INSUSTENTÁVEL DO PONTO DE VISTA BÍBLICO E HISTÓRICO.

      Vou publicar e responder todos os comentários, mas publicarei aos poucos, pois não vivo o dia na internet e tenho de cumpriri outros afazeres no cotidiano.
      Mas aos poucos, publicarei e comentarei seus textos.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. Antônio Carneiro de Sousa,
      você viajou feio na maionese.

      ANALISEMOS O ERRO DE PORTUGUÊS DE SUA FRASE "

      "OS ESCRITORES SAGRADOS NÃO DERAM AO TEXTO NENHUMA INTERPRETAÇÃO PESSOAL AO ESCREVÊ-LOS"

      1- Os escritores escreveram NÃO INTERPRETARAM, NÉ? QUEM INTERPRETA É QUEM LÊ.

      2- ONDE TEM ESCRITO NA BÍBLIA QUE " as palavras da Bíblia foram "DITADAS" pelo próprio DEUS".

      DITAR - dizer palavra por palavra

      DEUS NÃO "DITOU".
      DEUS "INSPIROU".

      HÁ DIFERENÇAS.
      DEUS NÃO DITARIA ERROS GEOGRÁFICOS, HISTÓRICOS, IMPRECISÕES, PRECONCEITOS, COMO LEMOS EM MUITAS PARTES DA BÍBLIA.

      Eis a diferença entre católicos e protestantes, vocês não estudam a Bíblia e a interpretam de forma literal, esquecendo também que ela é literatura feita por homens em determinado contexto histórico.
      Deus inspirou a Bíblia, mas é preciso separar o que é inspiração de Deus e o que são conceitos de uma época escritos por homens.

      São Paulo nos diz que "agora vemos por espelho em enigma," 1 Coríntios 13:12 e que "em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;
      Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado." 1 Coríntios 13:9,10.

      Ou seja, nem tudo está escrito na Bíblia: dinossauros, infância de Jesus, a palavra "Bíblia" não está escrita na Bíblia, nem que "tudo está nela", nem o nome das milhares de seitas e igrejas protestantes que surgem a toda hora.

      São Pedro é claro em dizer:

      os homens santos de Deus falaram INSPIRADOS pelo Espírito Santo.” (2 Pedro 1:19-21)

      O Espírito Santo não ditou as palavras,INSPIROU O CONTEÚDO IMPORTANTE, A MENSAGEM DA SALVAÇÃO, mas existem conceitos humanos, passageiros, como foi a Lei de Moisés, o Levítico. O Levítico é sagrado, mas cheio de conceitos e preconceitos passageiros de Moisés e serve para entendermos a lei dos judeus.

      São Pedro afirma que "nenhuma profecia da Escritura É DE PARTICULAR INTERPRETAÇÃO."

      QUER INTERPRETAR DIREITO? LEIA MAIS ADIANTE O CAPÍTULO 3:

      E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor; como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada;
      Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais HÁ PONTOS DIFÍCEIS DE ENTENDER, QUE OS INDOUTOS E INCONSTANTES TORCEM, E IGUALMENTE AS OUTRAS ESCRITURAS, PARA SUA PERDIÇÃO.
      Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens abomináveis, sejais juntamente arrebatados, e descaiais da vossa firmeza;
      2 Pedro 3:15-17

      QUEM FAZ ISSO? INCONSTANTE? FUNDA IGREJAS EM CADA ESQUINA? CADA UM INTERPRETANDO DIFERENTE? DISTORCENDO?

      VOCÊS!
      NÓS, CATÓLICOS, SEGUIMOS A MESMA FÉ DESDE OS PRIMEIROS SÉCULOS.
      NÓS, CATÓLICOS, SELECIONAMOS OS EVANGELHOS E A BÍBLIA.
      NÓS, CATÓLICOS, DEMOS O NOME DE BÍBLIA À BÍBLIA.
      NÓS, CATÓLICOS, QUE AFIRMAMOS QUE A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS.

      VOCÊS FORAM INVENTADOS.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    5. 1 - Você errou pela lógica então, ao dizer" NÃO DERAM AO TEXTO NENHUMA INTERPRETAÇÃO PESSOAL AO ESCREVÊ-LOS", né?
      Lógica nenhuma! Quem lê é quem interpreta e não quem escreve.

      2 - Eu careço de orientação divina? Explique-me como você sabe que você possui a orientação divina? Por que vocês têm milhares de seitas com doutrinas diferentes, se vocês têm a orientação divina? O Espírito Santo pode dar orientções, doutrinas diferentes?

      3- A Bíblia sozinha não é fundamento de fé, se fosse vocês não teriam várias doutrinas, por isso o Apóstolo diz:


      "Retendo firme a fiel palavra, QUE É CONFORME A DOUTRINA, para que seja poderoso, tanto para admoestar COM A SÃ DOUTRINA, como para convencer os contradizentes.
      Tito 1:8-9

      "E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos CONTRA A DOUTRINA QUE APRENDESTES; desviai-vos deles."
      Romanos 16:16-17

      4- A Bíblia é a Palavra de Deus, não no sentido de ela ser um livro mágico como você coloca de modo fanático e fundamentalista. A Palavra de Deus está na Bíblia, na Tradição e no Magistério da Igreja.

      5 - A TRADIÇÃO NÃO É SUPEIROR À BÍBLIA, COMO A BÍBLIA NÃO É SUPERIOR À TRADIÇÃO. SÃO UMA COISA SÓ:

      É A TRADIÇÃO QUE NOS DIZ COMO INTERPRETAR A BÍBLIA, POIS É A DOUTRINA DOS APÓSTOLOS TRANSMITIDA AOS PRIMEIROS CRISTÃOS (VOCÊS NÃO!):



      "E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros."
      2 Timóteo 2:1-2


      "Então, irmãos, estai firmes e retende as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa."
      2 Tessalonicenses 2:14-15

      "Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus.
      Guarda o bom depósito pelo Espírito Santo que habita em nós."
      2 Timóteo 1:12-14

      "E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros."
      2 Timóteo 2:1-2

      "Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina."
      Tito 2:1

      "Por isso, deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até à perfeição, não lançando de novo o fundamento do arrependimento de obras mortas e de fé em Deus,
      E da doutrina dos batismos, e da imposição das mãos, e da ressurreição dos mortos, e do juízo eterno.
      E isto faremos, se Deus o permitir."
      Hebreus 6:1-3


      Não sei como você fala da Igreja Cristã e diz que ela não é a Igreja Católica. É neurose? Você já estudou história? Leu os textos dos primeiros cristãos dos anos 100, 200,300,400? Todos falam da doutrina católica, não falam heresias protestantes.
      Falma de Maria, dos Santos, da Missa, do Bispo de Roma ( o Papa), etc.
      Estude. Esse período é chamado de Patrística e registrou muito de nossa tradição.

      VOCÊ FALA COMO SE A IGREJA "ROMANA" TIVESSE INVENTADO UMA DOUTRINA.

      EXPLIQUE ENTÃO COMO A IGREJA ORTODOXA TEM A MESMA DOUTRINA QUE A ROMANA. SÓ HAVIA UMA IGREJA. NÃO ERA PROTESTANTE. É FATO E HISTÓRIA.


      ANTES DE EXISTIR A BÍBLIA EXISTIA A IGREJA. É FATO HISTÓRICO. ESTUDE.

      A IGREJA É A COLUNA DA VERDADE, NÃO A BÍBLIA. E SÓ HÁ UM IGREJA DESDE A ORIGEM. FATO HISTÓRICO.
      LEIA:

      é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.
      1 Timóteo 3:15

      É A IGREJA QUEM DEVE INTERPRETAR A BÍLBIA E NÃO VOCÊ.

      LEIA A CARTA DO BISPO DA IGREJA DE ANTIOQUIA, SANTO INÁCIO DE ANTIOQUIA, ELE JÁ FALA DA IGREJA CATÓLICA NO ANO 150.

      O SEU FUNDAMENTO DA FÉ É A BÍBLIA, POR ISSO VOCÊ TÊM MILHARES DE SEITAS. SEU FUNDAMENTO É NA AREIA.

      NOSSO FUNDAMENTO É BÍBLIA + TRADIÇÃO + MAGISTÉRIO (PAPA E BISPOS).
      NOSSO FUNDAMENTO ESTÁ SOBRE A ROCHA:

      Pois também eu te digo que tu és Pedro, e SOBRE ESTA PEDRA edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;
      Mateus 16:18

      Excluir
    6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    7. 1 - APRENDA A DIFERENÇA ENTRE:

      IGREJA - TEMPLO DE DEUS - CORPO


      Mas ele falava do templo do seu corpo. João 2:21

      MARIA FOI O MAIS PERFEITO TEMPLO:

      E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.
      Lucas 1:35

      IGREJAS - IGREJAS LOCAIS - QUE DEVEM ESTAR UNIDAS POR UMA SÓ FÉ:

      “As igrejas da província da Ásia enviam-lhes saudações. Áquila e Priscila os saúdam afetuosamente no Senhor, e também a igreja que se reúne na casa deles” (1ª Coríntios 16:19)

      Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; Efésios 4:5

      IGREJA CATÓLICA UNIVERSAL - TODOS FORMAMOS UM SÓ CORPO, UMA SÓ FÉ, OBEDIENTES A UM LÍDER, UMA SÓ DOUTRINA:
      é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.
      1 Timóteo 3:15


      Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;
      Mateus 16:18

      E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja, considera-o como um gentio e publicano.
      Mateus 18:17



      Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade,
      1 Timóteo 6:3

      NÃO MISTURE AS COISAS. ISSO É TÍPICO DE VOCÊS, PROTESTANTES.

      2 - VOCÊ CITA TEXTOS DOS SALMOS FALANDO QUE A PALAVRA DE DEUS É ETERNA. QUE PALAVRA? NA ÉPOCA EM QUE OS SALMOS FORAM ESCRITOS A BÍBLIA COMO CONHECEMOS NÃO EXISTIA.

      OS SALMOS NÃO DIZEM QUAL É A LISTA DOS LIVROS QUE FORMAM A PALAVRA DE DEUS.

      QUEM DECIDIU ESSA LISTA? A IGREJA CATÓLICA NOS SÉCULOS III-IV.

      NOSSA IGREJA CATÓLICA DECIDIU QUAL ERA A PALAVRA DE DEUS:

      1- QUE SERIA COMPOSTA DE DUAS PARTES : ANTIGO E NOVO TESTAMENTO.

      2- DECIDIU QUAIS SERIAM OS EVANGELHOS

      3- DECIDIU TODOS OS LIVROS DO NOVO TESTAMENTO E DO ANTIGO.

      4- ORDENOU A DESTRUIÇÃO OU O DESPREZO DOS DEMAIS EVANGELHOS E CARTAS, CONSIDERADOS DE APÓCRIFOS.

      ELA FEZ TUDO ISSO BASEADA EM SUA "TRADIÇÃO" "RECEBIDA DOS APÓSTOLOS" PASSADA AOS BISPOS.

      QUEM DECIDIU A BÍBLIA?

      1- A TRADIÇÃO
      2- O MAGISTÉRIO (BISPOS E PAPA)

      LÓGICA:
      A TRADIÇÃO E O MAGISTÉRIO FIZERAM A BÍBLIA, CONSEQUENTEMENTE UM NÃO É MAIOR QUE O OUTRO.

      SÃO TRÊS OS FUNDAMENTOS DE NOSSA FÉ CRISTÃ.

      FOI NOSSA TRADIÇÃO QUEM CUNHOU OS TERMOS OU CRENÇAS:
      BÍBLIA
      TRINDADE
      CRISTO É DEUS

      DESPREZAR A IGREJA É DAR UM TIRO NO PÉ DA LÓGICA.


      VÁ ESTUDAR!

      Excluir
    8. VOCÊS NEGAM A TRADIÇAÕ POR QUE FOI A FONTE DE PROBLEMAS?

      ENTÃO, POR QUE VOCÊS TÊM MILHARES DE SEITAS SE SÓ A BÍBLIA BASTA E O ESPÍRITO SANTO ESTÁ COM VOCÊS?

      O ESPÍRITO SANTO PODE ENSINAR DOUTRINAS DIFERENTES COMO VOCÊS FAZEM?

      PARA UNS DE VOCÊS, JESUS É DEUS.
      PARA OUTROS PROTESTANTES, JESUS NÃO É DEUS, NÃO EXISTE TRINDADE.
      PARA OUTRA SEITA, JESUS É ENCARNAÇÃO DE SÃO MIGUEL
      PARA OUTRA SEITA, PODE FAZER O ABORTO E USAR CAMISINHA.

      EXISTE IGREJA DE SWING GOSPEL.
      EXISTE IGREJA DE HOMOSSEXUAIS E LÉSBICAS.
      EXISTE IGREJA QUE PROIBE OS GAYS.
      EXISTEM IGREJAS QUE PROIBEM TRABALHO NO SÁBADO.
      EXISTEM IGREJAS QUE NÃO PROIBEM.
      EXISTEM IGREJAS QUE BATIZAM CRIANÇAS, OUTRAS POR IMERSÃO, OUTRAS SÓ BATIZAM ADULTOS, OUTRAS SÓ COM UM POUCO DE ÁGUA.

      EXISTEM IGREJAS QUE ACEITAM INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL, OUTRAS NÃO.

      EXISTEM IGREJAS QUE PROIBEM CERTAS ROUPAS, OUTRAS LIBERAM TUDO.

      VOCÊS SABEM O QUE DE BÍBLIA MESMO?
      QUE ESPÍRITO SANTO VOCÊS OUVEM?
      COMO SABER QUEM ESTÁ CERTO?

      ERRO: VOCÊS NÃO TÊM TRADIÇÃO. VOCÊS NÃO TÊM LÍDER, PEDRO, O PAPA.

      VOCÊS FORAM FUNDADOS NA AREIA, NÃO NA ROCHA.

      Excluir
    9. BEREANO NÃO É CRER SÓ NA BÍBLIA.




      No caso dos bereanos, notemos que não foi apenas o testemunho da Escritura que os levou a abraçar a fé cristã.






      Ao contrário, se fossem apenas pelas Escrituras, eles rejeitariam, e não aceitariam, o ensino dos apóstolos, pois muitos ensinos apostólicos não tinham apoio no AT, como inclusive já vimos.

      Logo, esse argumento não procede.

      Se lermos o contexto, veremos que o texto diz algo importantíssimo, que esclarecerá definitivamente a passagem.

      Vejamos:







      “Estes (os bereanos) eram mais nobres do que os de Tessalônica e receberam a palavra com ansioso desejo, indagando todos os dias, nas Escrituras, se estas coisas eram assim.” (At 17, 11).

      Como se vê, o texto não elogia os bereanos apenas por consultarem as Escrituras, mas antes por “receberem a palavra” oral dos apóstolos.

      Logo, eles não eram adeptos da Sola Scriptura, pois se fossem, rejeitariam o testemunho de Paulo, “E este Cristo é Jesus que vos anuncio.” (verso 3) ), que não constava nas Escrituras.

      Embora apoiando-se nas palavra escrita, conforme os primeiros três versículos desse capítulo de Atos, Paulo logo depois mudou o caminho do argumento das Escrituras para o seu próprio testemunho “E este Cristo é Jesus que vos anuncio.”

      A doutrina de que Jesus é o Cristo trazida, por ele, não se encontrava nas Escrituras, embora se harmonizasse com elas, no entanto, os bereanos a aceitaram, tão somente porque confiaram no testemunho dos apóstolos.


      Quanto ao fato deles consultarem as Escrituras para certificarem-se da autenticidade das palavras dos apóstolos, também não favorece nem a Sola Scriptura nem o livre-exame, pois quando os bereanos conferiram nas Escrituras se era verdadeira a doutrina de S. Paulo, comportaram-se como qualquer não-crente que para saber ou não se deve abraçar a fé cristã faria.

      Repetimos: se os bereanos fossem solascripturistas, colocariam, como vimos, S. Paulo em maus lençóis, pois o apóstolo não poderia provar muitos ensinos dele pela Escritura que possuía.




      Conclusão:

      o caso dos bereanos em vez de demonstrar a Sola Scriptura, mostra é a autoridade da Escritura ao lado da autoridade da Igreja. O que contraria a Sola Scriptura.

      Excluir
    10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    13. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    14. 1- PERCEBA SEU ERRO:FALEI QUE A IGREJA CATÓLICA É A FUNDADA POR CRISTO.

      2- A IGREJA CATÓLICA ROMANA E ORTODOXA ERAM UMA SÓ. PREGAM A MESMA COISA. HÁ POUCAS DIFERENÇAS DOUTRINAIS. TANTO QUE ESTÃO PRÓXIMAS.

      -LOGO, VOCÊS SÃO OS HEREGES.
      NÃO OS CATÓLICOS ROMANOS E ORTODOXOS.
      ENTENDEU?
      SÃO VOCÊS, PROTESTANTES, QUE SE DISTANCIARAM DA FÉ RECEBIDA PELOS PRIMEIROS BISPOS E PADRES DA IGREJA DOS ANOS 100 EM DIANTE.

      A PERGUNTA QUE JÁ LHE FIZ E VOCÊ NÃO RESPONDEU:

      "EXPLIQUE ENTÃO COMO A IGREJA ORTODOXA TEM A MESMA DOUTRINA QUE A ROMANA?" (com poucas diferenças doutrinais)

      Excluir
    15. VEJAMOS O QUE OS CRISTÃOS, BISPOS E PADRES DIZIAM DA IGREJA CATÓLICA:



      SANTO INÁCIO, BISPO DE ANTIOQUIA ( ANO 100)
      Santo Inácio de Antioquia, que foi contemporâneo dos Apóstolos, pois nasceu mais ou menos no ano 35 da era cristã e, segundo Eusébio de Cesaréia no seu Chrónicon, foi bispo de Antioquia, entre os anos 70 e 107, nos fala abertamente da Igreja Católica, na sua Epístola aos Esmirnenses:

      “Onde comparecer o Bispo, aí esteja a multidão, do mesmo modo que, onde estiver Jesus Cristo, aí está a IGREJA CATÓLICA”
      (Epístola aos Esmirnenses c 8, 2).


      SÃO POLICARPO, BISPO DE ESMIRNA (ANO 70-100):

      Outro contemporâneo dos Apóstolos foi São Policarpo, bispo de Esmirna, que nasceu no ano 69 e foi discípulo de São João Evangelista. Quando São Policarpo recebeu a palma do martírio, a Igreja de Esmirna escreveu uma carta que é assim endereçada:

      “A Igreja de Deus que peregrina em Esmirna à Igreja de Deus que peregrina em Filomélio e a todas as paróquias da IGREJA SANTA E CATÓLICA em todo o mundo”.

      Nessa mesma Epístola se fala de uma oração feita por São Policarpo, na qual ele “fez menção de todos quantos em sua vida tiveram trato com ele, pequenos e grandes, ilustres e humildes, e especialmente de toda a IGREJA CATÓLICA, espalhada por toda a terra” (c. 8).

      LEIA MAIS EM:
      https://caiafarsa.wordpress.com/constantino-fundou-a-igreja-catolica/

      SOBRE O PAPA:

      SANTO AGOSTINHO (ANO 300 OU 400) DIZ:


      “Se considerarmos a ordem dos bispos que estão sucedendo, mais certo e consideradamente fazemos em contar a partir de Pedro, figura da Igreja inteira, a quem o Senhor disse: Sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão. A Pedro sucedeu Lino, Clemente Anacleto, Evaristo, Sixto, Telesforo, Higino, Aniceto, Pio, Sotero, Alexandre, Victor, Zeferino, Calixto, Urbano, Ponciano, Antero, Fabiano, Cornélio, Lúcio, Estêvão, Sisto, Dionísio, Félix, Eutiquiano, Caio, Marcelo, Eusébio, Melquiades, Silvestre, Marcos, Júlio, Libério, Dâmaso, Siricio, Anastásio.”
      (Carta 53, A Generoso, 1,2-2)

      SÃO JOÃO CRISÓSTOMO, BISPO (ANO 400)



      “Pedro, a cabeça dos Apóstolos, o primeiro na Igreja, o amigo de Cristo, que não recebeu a revelação do homem, mas do Pai... esse Pedro, e quando digo Pedro, eu quero dizer rocha inquebrável, o fundamento inabalável, o grande apóstolo, o primeiro dos discípulos, o primeiro chamado, o primeiro a obedecer.”
      (De Eleemos III, 4, vol II, 298 [300])

      SÃO CIPRIANO, BISPO (ANO 200-300) DIZ:
      Cipriano escreveu a Epístola 43, que foi na realidade a base deste livro. Nela nós encontramos:

      "Deus unus est et Christus unus et una ecclesia et cathedra una super Petrum Domini uoce fundata. Aliud altare constitui aut sacerdotium nouum fieri praeter unum altare et unum sacerdotium non potest. Quisque alibi collegerit spargit.

      “... Eles, que se afastaram da Igreja, não permitem que a Igreja se lembre e traga de volta os apóstatas. Há um só Deus, e um só Cristo, e uma Igreja, e uma cátedra fundada pela voz do Senhor sobre a rocha. Outro altar não pode ser posto, nem um novo sacerdócio feito, além do altar único altar e do único sacerdócio.”
      (Epístola 43 (39), 5)

      HÁ MUITAS CITAÇÕES E TEXTOS. VEJA MAIS EM:

      http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/patristica/estudos-patristicos/735-sao-cipriano-e-o-primado-romano


      http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/patristica/estudos-patristicos/723-sao-joao-crisostomo-sobre-o-primado-de-pedro


      http://www.apologistascatolicos.com.br/index.php/patristica/estudos-patristicos/644-santo-agostinho-e-a-rocha-de-mateus-16-18

      https://caiafarsa.wordpress.com/constantino-fundou-a-igreja-catolica/

      O PROTESTANTISMO FOI INVENTADO EM 1500.
      ONDE ESTÁ A VERDADE?

      NO TESTEMUNHO DOS PRIMEIROS CRISTÃOS OU NA CABEÇA DE PASTORES INVENTORES DE DOUTRINAS?

      RESPONDEREI DEPOIS OS OUTROS TEXTOS, QUANDO PUDER.
      ABRA A MENTE.

      Excluir
    16. Só para terminar uma observação:

      A Igreja Católica inclui até os protestantes. Isso é dito no Catecismo. Pesquise.

      A Igreja Católica é a Igreja como um todo, todos que creem em Cristo.

      Porém a Igreja Católica Romana designa os fiéis ao Papa.
      Hoje, a Igreja Ortodoxa e a Romana etão praticamente unidas. Há poucos que ainda prezam pela divisão. O diálogo, no entanto, tem triunfado, por isso um católico que está num país de maioria ortodoxa pode assistir a missa e receber a comunhão no rito ortodoxo.

      2- Há Igrejas que são católicas de rito oriental. Não existe só a de rito Romano. Estude isso depois.

      Mas a Igreja Católica Romana ou Ortodoxa sempre cultuou Maria, os Santos, celebrou a MIssa, etc.
      Isso só mostra como você, protestante, é quem está errado, distante da verdadeira fé transmitida no início dos séculos.


      Excluir
    17. 1- SOBRE OS BEREANOS VEJAMOS O TEXTO TRANSCRITO POR VOCÊ E ANALISE:

      “ESTES FORAM MAIS NOBRES DO QUE OS DE TESSALÔNICA, POIS DE BOM GRADO RECEBERAM A PALAVRA

      (QUE PALAVRA? A PREGAÇÃO DE SÃO PAULO: Não havia Bíblia. Os Evanegelhos ainda estavam sendo escritos.
      Os Berenos receberam (A PREGAÇÃO ORAL - LOGO, A PALAVRA NÃO É SÓ A BÍBLIA- É TRADIÇÃO APOSTÓLICA TAMBÉM).
      (ELES RECEBERAM PRIMEIRO A TRADIÇÃO E A DOUTRINA DOS APÓSTOLOS)

      , EXAMINANDO CADA DIA NAS ESCRITURAS

      (QUE ESCRITURAS? O ANTIGO TESTAMENTO AINDA NÃO ESTAVA DEFINIDO TAMBÉM. MAS NO GERAL SERIAM A TORÁ, OS PROFETAS E OS SALMOS - PRIMEIRO RECEBERAM A DOUTRINA , DEPOIS TENTARAM ENCONTRAR A DOUTRINA NA ESCRITURA. OU SEJA, A TRADIÇÃO GUIA A INTERPRETAÇÃO)

      (SEM TRADIÇÃO, DOUTRINA APOSTÓLICA NÃO HÁ INERPRETAÇÃO. VOCÊS NÃO TÊM A TRADIÇÃO. ENTENDEU?)

      SE ESTAS COISAS ERAM ASSIM”

      Desculpe, mas o texto diz de forma categórica que:

      OS BEREIANOS, APÓS OUVIREM A PREGAÇÃO DO EVANGELHO,

      ( OS EVANGELHOS AINDA ESTAVAM SENDO ESCRITOS - Existiam vários Evangelhos no início dos séculos, centenas: Evangelho de Maria Madalena, de Tomé, de Pedro, de Judas, etc.
      Quem definiu quais seriam os Evangelhos? A IGREJA CATÓLICA - NÃO A PROTESTANTE)

      EXAMINARAM AS ESCRITURAS PARA CONFIRMAR SE O QUE OUVIRAM

      ( VEJA A TRADIÇÃO GUIA A INTERPRETAÇÃO DA BÍBLIA. NÃO O CONTRÁRIO)

      REALMENTE TINHA RESPALDO NAS ESCRITURAS SAGRADAS.

      2 - AS ESCRITURAS SAGRADAS

      NÃO ESTAVAM DEFINIDAS ATÉ O ANO 300. ANO 100 OS JUDEUS DE JERUSALÉM DEFINIRAM UM CÂNON, EXCLUINDO OS JUDEUS DE LÍNGUA GREGA)

      A IGREJA DEFINIU SEM CÂNON SEGUINDO OS JUDEUS DE LÍNGUA GREGA, A LÍNGUA NA QUAL OS APÓSTOLOS ESCREVERAM OS EVANGELHOS E USARM A BÍBLIA GREGA COMO REFERÊNCIA)

      ESTUDE:

      1- Você sabia que os protestantes queriam tirar o Apocalipse e a Carta de São Tiago da Bíblia?
      2- Você sabia que houve disputas no início da Igreja para saber se o Apocalipse deveria fazer parte da Bíblia ou não e quem definiu isso foi a Igreja Católica?
      3- Você sabia que existem Evangelhos e livros apócrifos e quem definiu isso foi a Igreja Católica?

      SÓ NÃO EXNXERGA O FATO HISTÓRICO QUEM NÃO QUER.
      SITE PROTESTANTE TEM MUITA DETURPAÇÃO HISTÓRICA.

      Excluir
    18. SOBRE O NOVO TESTAMENTO:

      1- HOUVE UM PROCESSO DE EVOLUÇÃO
      2- OS LIVROS FORAM ACEITOS AOS POUCOS
      3- OS QUATRO EVANGELHOS FORAM ACEITOS AOS POUCOS E OS APÓCRIFOS REJEITADOS
      4- OS BISPOS "CATÓLICOS" DEFINIRAM AOS POUCOS E EM CONCÍLIO O QUE SERIA O NOVO TESTAMENTO.

      LÓGICA: A IGREJA CATÓLICA (ROMANA E ORTODOXA) SÃO AS ORIGINAIS E DEFINIRAM A BÍBLIA.

      PROTESTANTE EVANGÉLICO É INVENÇÃO E USA UMA BÍBLIA FEITA POR CATÓLICOS.

      VOCê CITA OS PAIS DA IGREJA, IRINEU, CIPRIANO, ORÍGENES, ETC. QUANDO CONVÉM.

      ELES FALAM DE MARIA, DOS SANTOS, DO PRIMADO DE ROMA, DO SINAL DA CRUZ, DA MISSA, DA ORAÇÃO PELOS MORTOS, ETC. TAMBÉM.

      LOGO, SE VOCÊ SE APOIA NOS PAIS DA IGREJA PARA FALAR DA BÍBLIA, POR QUE NÃO OS ESCUTA QUANDO NOS FALA DA ÚNICA VERDADEIRA DOUTRINA - A CATÓLICA?

      Excluir
    19. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    20. Sr Carlos, você está desatualizado. Muitas Igrejas Ortodoxas já estão em comunhão com Roma. E recentemente o Papa Francisco esteve em diálogo com o Patriarca da Rússia, que ainda se mantém afastada, para comçarem um processo de reaproximação.

      DIFERENTE DE VOCÊS, QUE INVENTARAM DOUTRINAS, NÓS MANTEMOS A MESMA DOUTRINA APOSTÓLICA: A MISSA, CULTO AOS SANTOS, MARIA, ORAÇÃO PELOS FALECIDOS, ETC.

      OLHE SUA MENTIRA:
      "por séculos e séculos ninguém se referiu à Igreja como sendo “Igreja Católica Romana”, até que o cisma de 1054 d.C "


      1- A Igreja Católica Romana e Ortodoxa ainda que tenha se dividido pelo ano 1000 MANTEVE SUA DOUTRINA ESSENCIAL ORIGINAL. VOCÊS QUE SÃO OS HEREGES, POIS DESTRUIRAM TODA A DOUTRINA ORIGINAL, ENTENDEU?


      VEJAMOS O QUE OS PRIMEIROS CRISTÃOS DIZEM DA IGREJA CATÓLICA:

      Santo Inácio de Antioquia, - que FOI CONTEMPORÂNEO DOS APÓSTOLOS, pois nasceu mais ou menos no ANO 35 da era cristã e, segundo Eusébio de Cesaréia no seu Chrónicon, foi bispo de Antioquia, entre os ANOS 70 A 105 - NOS FALA DA IGREJA CATÓLICA na sua Epístola aos Esmirnenses:

      “Onde comparecer o Bispo, aí esteja a multidão, do mesmo modo que, onde estiver Jesus Cristo, aí está a IGREJA CATÓLICA”
      (Epístola aos Esmirnenses c 8, 2).

      E VOCÊ AINDA NEGA QUE A IGREJA CATÓLICA É A UNICA?


      A Carta de Inácio aos Romanos é a prova histórica mais antiga da era pós-apostólica, do Primado da Igreja de Roma. Inácio confessa o Primado da Igreja de Roma em vários trechos de sua carta
      (Inácio aos Romanos - Saudação; 4:3; 9:1; 10:2)

      Nas cartas destinadas às outras Igrejas, Inácio escreve: "à Igreja de Deus que está em " Éfeso, Esmirna, Trália, Magnéria e etc. O tratamento dado à igreja de Roma é totalmente diferente: "à Igreja que preside na Região dos Romanos". Isto mostra que a Igreja de Roma presidia as demais Igrejas, isto é, que o seu Bispo era o chefe da Igreja Católica espalhada no mundo inteiro.

      VEJA A OPINIÃO DOS BISPOS CRISTÃOS DOS ANOS 200,300,400:

      São Cipriano (210-258) de Cartago :"Sobre um só foi construída a Igreja: Pedro".

      “Roma falou, encerrada a questão (Santo Agostinho Sermão 131,10)

      Tertuliano(202) de Cartago : "A IGREJA FOI CNSTRUÍDA SOBRE PEDRO".

      Santo Ambrósio (340-397) bispo Treves Italia:"Onde há Pedro, aí há a Igreja de Jesus Cristo".

      No princípio do sec. II, Santo Inácio de Antioquia (110):escreve aos romanos que "A IGREJA DE ROMA PRESIDE AS DEMAIS".

      São Pedro Crisólogo († 450) "No interesse da paz e da fé não podemos discutir sobre questoes referentes a fé sem o consentimento do Bispo de Roma"

      Origines (ESCRITOR CRISTÃO DO ANO 200:

      "E Pedro, sobre quem a Igreja de Cristo foi edificada, contra a qual as portas do inferno não prevalecerão.(...)" In Joan. T.5 n.3;


      VOCÊ FALA, FALA... E NÃO MOSTRA UM TEXTO DO INÍCIO DO CRISTIANISMO QUE DIGA QUE A IGREJA NÃO ERA CATÓLICA OU QUE PROTESTANTES EXISTISSEM.

      NÃO TEM, NÉ?

      JESUS PROMETEU QUE O INFERNO NÃO VENCERIA SUA IGREJA, E VOCÊ PREGA OUTRA COISA.
      VOCÊ NEGA A PLAVRA DE DEUS:

      "Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela"
      Mateus 16,18

      Excluir
    21. Quando alguém desmascara as suas heresias você remove os comentários! Isso é covardia!

      Excluir
    22. Esse é um Blog Católico se quiser divulgar sua religião procure outro espaço. Aqui, damos voz à Doutrina Católica, claro. Excluo alguns comentários porque o importante é dar voz à defesa da nossa fé, porque suas acusações todos conhecem em qualquer beira de bar, ônibus ou metrô... mas a defesa da fé católica precisa de espaço, não suas acusações absurdas, sem fundamento histórico, e distorcidas, muitas vezes.

      Excluir
  18. Elevação de Maria aos céus
    Pela Bíblia, não podemos dizer que Maria foi elevada aos Céus. Tal afirmação é trazida pela tradição da Igreja Romana, tida como infalível pela própria Igreja, conforme consta no seguinte texto: “A Tradição sagrada e a Sagrada Escritura estão intimamente unidas e compenetradas entre si. Com efeito, derivando ambas da mesma fonte divina, fazem como que uma coisa só e tendem ao mesmo fim” (II Concílio do Vaticano, Const. dogm. Dei Verbum, 9: AAS 58 (1966) 821).
    A tradição Romana ainda afirma: “Ao longo dos séculos, a Igreja tomou consciência de que Maria, cumulada de graça por Deus, tinha sido redimida desde a sua conceição. É o que confessa o dogma da Imaculada Conceição, procla¬mado em 1854 pelo Papa Pio IX: Por uma graça e favor singular de Deus omnipotente e em previsão dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do género humano, a bem-aventurada Virgem Maria foi preservada intacta de toda a mancha do pecado original no primeiro instante da sua conceição” (Cf. Lc 1, 28 e Pio IX, Bulla Ineffabilis Deus DS 2803).
    A vontade de Deus é expressa unicamente na Bíblia Sagrada e não podemos misturar as tradições dos homens com a vontade de Deus, pois foi ensinado pelo próprio Filho de Deus: “Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens" (Mateus 15:8,9)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1º ERRO SEU: "A vontade de Deus é expressa unicamente na Bíblia Sagrada"

      ONDE ESTÁ ESCRITO ISSO?
      EM LUGAR NENHUM!
      ISSO É DOUTRINA DETURPADA PROTESTANTE!

      A VONTADE DE DEUS SE EXPRESSA TAMBÉM PELA IGREJA (IGREJA QUE VEM DESDE O INÍCIO, NÃO A INVENTADA DEPOIS DE MAIS DE 1500 ANOS):

      E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, SE TAMBÉM NÃO ESCUTAR À IGREJA, considera-o como um gentio e publicano.
      Mateus 18:17


      Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós ( Espírito e Apóstolos (Bispos)), não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias:
      Atos 15:28

      é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade. 1 Timóteo 3:15

      SE SÓ A BÍBLIA É O FUNDAMENTO, POR QUE VOCÊS SÃO DESUNIDOS EM DOUTRINA?

      NÓS SOMOS CATÓLICOS, porque temos uma só doutrina desde o início dos séculos fundamentada em Jesus através de São Pedro, seus Apóstolos, os legítimos sucessores, os Bispos, que listaram os livros sagrados ( a Bíblia) por meio de nossa Tradição Apostólica.

      AS TRADIÇÕES APOSTÓLICAS SÃO AS TRADIÇÕES QUE RECEBEMOS DOS APÓSTOLOS, vocês não têm tradição, porque vocês não têm história.

      OS APÓSTOLOS DEIXARAM ENSINAMENTOS ORAIS, NÃO SÓ NA BÍBLIA. QUAL IGREJA TEM ESSES ENSINAMENTOS? A QUE VEM DESDE O INÍCIO LÓGICO, A CATÓLICA:

      Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto.
      2 Tessalonicenses 2:2

      Mas, se alguém não obedecer à nossa palavra por esta carta, notai o tal, e não vos mistureis com ele, para que se envergonhe.
      2 Tessalonicenses 3:14

      Então, irmãos, estai firmes e retende as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa.
      2 Tessalonicenses 2:15


      ALIÁS, a Tradição do Protestante é distorcer e mal interpretar nossos textos para tentar destruir o Catolicismo, gerando milhares de seitas, favorecendo o abuso pelo dinheiro através da religião.


      A Bíblia nos diz que os Apóstolos também acreditavam em tradições que não estavam escritas na Bíblia, mas em outros textos considerados até apócrifos:


      Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda.
      Judas 1:9

      E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.
      2 Timóteo 3:8

      NENHUM DOS EVENTOS ACIMA SÃO RELATADOS NA BÍBLIA. FAZIAM PARTE DA TRADIÇÃO JUDAICA.

      Mandamo-vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo o irmão que anda desordenadamente, e não segundo a tradição que de nós recebeu.
      2 Tessalonicenses 3:6

      NÓS TEMOS AS TRADIÇÕES DOS APÓSTOLOS, DIFERENTE DE TRADIÇÕES DE HOMENS INVENTADAS APARTIR DE 1500 NO PROTESTANTISMO.

      Analise: Por que só os protestantes possuem doutrinas tão diferentes da Doutrina dos primeiros cristãos?

      Leia os textos dos primeiros cristãos dos anos 100,200,300, 400.

      Por que só vocês se distanciaram da fé Cristã primitiva?

      Excluir
  19. Perceba, caro colega, que em nenhum momento utilizo como fundamento doutrinas ou tradições de homens, apenas a Bíblia Sagrada.
    Destaco, também, que o fato de os cristãos primitivos, por suas tradições, praticarem tal comportamento quer seja de veneração/exaltação/adoração à determinadas pessoas, sem ser a pessoa de Jesus Cristo, não implica dizer que essa seria a vontade de Deus. Todo ser humano é tendente a mudar seus pensamentos e ações conforme sua conveniência, mas unicamente a Bíblia Sagrada permanece para sempre: “Porque toda a carne é como a erva, e toda a glória do homem como a flor da erva. Secou-se a erva, e caiu a sua flor; Mas a palavra do Senhor permanece para sempre. E esta é a palavra que entre vós foi evangelizada” (1 Pedro 1:24,25).
    Ainda, o apóstolo Paulo, alertando seu discípulo Timóteo, escreveu: “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas” (2 Timóteo 4:3,4). À igreja em Éfeso disse: “Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente. Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo...” (Efésios 4:14,15).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para discutir nossa fé, você deveria antes estudá-la.
      Como você ousa querer criticar algo que você desconhece?
      Leia o Catecismo a IGreja Católica e veja que nossa Doutrina é clara:

      1º Mandamento da Lei de Deus: Amar a Deus SOBRE TODAS AS COISAS ( ISSO É ADORAÇÃO)
      4º Mandamento: Honrar Pai Mãe ( ISSO É VENERAÇÃO)

      OS JUDEUS VENERAVAM OS SANTOS ANTES DOS CATÓLICOS, SÓ NÃO USAVAM IMAGENS:

      Veneração - I Samuel 25,23; I Reis 18,7; Números 22,31
      Davi celebra a memória de Saul e Jônatas - 2 Samuel 1,17-27

      Fazer obras boas em memória dos santos - 2 Samuel 9,6-7

      Jesus fazia a memória dos Santos patriarcas e profetas - Lucas 13,28; 19,9

      O povo venerava Samuel - 1 Sam 12,6-7.17-19
      Jesus diz que os judeus veneravam Moisés - João 5,45

      Os judeus veneravam a memória do Pai Abraão - Mateus 3,9; João 8,53-58

      Os judeus veneravam os profetas - Lucas 6, 24; 7,16; 11,47.49

      A Igreja deve fazer a memória dos Santos - Marcos 14,9; Mateus 26,12-13; Filipenses 3,17; Tiago 5,10; Hebreus
      13,7

      SÃO PAULO CRITICA AS SEITAS PROTESTANTES, POIS ELAS SURGIRAM DEPOIS DA ÚNICA IGREJA FUNDADA POR CRISTO:

      “Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina ( CATÓLICA QUE PREGA CASAMENTO INDISSOLÚVEL, CASTIDADE, FIELIDADE, AMOR AOS POBRES, CARIDADE, ETC.) ; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas ( PASTORES QUE SE INTITULAM DE APÓSTOLOS, QUE VENDEM BÊNÇÃOS, TERRAS NO CÉU, PERFUMES, SABONETES, QUE DIZEM QUE SE DER O DIZÍMO RECEBE CEM VEZES MAIS SÓ PARA ENGANAR, ETC.)” (2 Timóteo 4:3,4).


      “Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina ( QUEM CRIA DOUTRINAS A TODA HORA? OS PROTESTANTES!), pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente (QUAL IGREJA PREGA QUE QUALQUER UM PODE INTERPRETAR A BÍBLIA? E POR ISSO QUALQUER UM USA A BÍBLIA PARA TIRAR DINHEIRO DO POVO? PROTESTANTE!). Antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo...” (Efésios 4:14,15).

      A PARTIR DO MOMENTO EM QUE DEIXOU DE HAVER UMA SÓ IGREJA, OS ERROS SE MULTIPLICARAM E PERDEU-SE O CONTROLE, GERANDO DIVISÕES.

      Tudo o que os Apóstolos previam se cumpriram e continuam se cumprindo com a proliferação de seitas que inventam doutrinas diferentes todos os dias, seguindo seu argumento de ouvir APENAS a Bíblia.


      Excluir
  20. Em resumo, pela Bíblia Sagrada, somente Enoque, Moisés e Elias foram levados aos Céu e lá estão. A respeito de Enoque é dito que ele andou “com Deus e já não era, porque Deus o tomou para Si” (Gn 5:24) e que, “pela fé, Enoque foi trasladado para não ver a morte; não foi achado, porque Deus o trasladara” (Hb 11:5). Sobre Moisés somos informados de que o arcanjo Miguel “contendia com o diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés” (Jd 9). Quanto a Elias, o texto sagrado fala de um tempo “quando estava o Senhor para tomar Elias ao Céu por um redemoinho” (2Rs 2:1) e que, realmente, “Elias subiu ao Céu num redemoinho” (v. 11). Já no evento da transfiguração de Jesus (ver Mt 17:1-8; Mc 9:2-8; Lc 9:28-36), Moisés e Elias “apareceram em glória” para consolá-Lo a respeito de Sua morte (Lc 9:30, 31).
    Pela Bíblia, Maria e dos demais santos/justos que dormiram em Cristo estão aguardando seu galardão. O apóstolo, ao ter ciência de sua sentença de morte decretada pelos romanos, afirma que somente receberá de Cristo sua recompensa no dia do Juízo: "Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda" (2 Timóteo 4:6-8).
    Ou seja, a recompensa dos justos/santos de Deus (que nesse ponto concordo contigo e creio que Maria estará nos céus com o Senhor) somente ocorrerá com a vinda de Cristo: "Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele. Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras" (1 Tessalonicenses 4:13-18).
    O próprio Filho de Deus afirmou: "Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também" (João 14:1-3).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela Bíblia os Santos estão aguardando a Ressurreição, pois eles já estão no céu, e isso é o que nos diz o Novo Tesmemento através do Apocalipse e das Cartas de São Paulo:

      ...vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.
      E clamavam com grande voz...
      E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que haviam de ser mortos como eles foram.
      Apocalipse 6:9-11

      ASSIM QUE MORREMOS SOMOS JULGADOS POR DEUS:

      E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, Hebreus 9:27

      SE ESTAMOS EM SANTIDADE ENTRAMOS NO CÉU, HABITAMOS COM CRISTO:

      Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer ( MORTE DO CORPO), temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. 2 Coríntios 5:1

      "Estamos, repito, cheios de confiança, preferindo ausentar-nos deste corpo para ir habitar junto do Senhor ( ASSIM QUE MORREMOS VAMOS PARA O CÉU). É também por isso que, vivos ou mortos, nos esforçamos por agradar-lhe” (2 Cor 5,8-9)

      E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.
      Lucas 23:43

      E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.
      Lucas 16:22

      JESUS ABRIU OS CÉUS AOS SANTOS:

      Quando Jesus subiu ao céu em sua ascensão levou todos as almas santas que antes habitavam na região dos mortos,pois " Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro" (Efésios 4,8-10), "as almas que eram detidas no cárcere, aqueles que outrora nos dias de Noé tinham sido rebeldes" (I Pedro 3,19) abrindo o céu a todos os Santos que agora assistem diante do trono do Altíssimo (Apocalipse 7,15), por isso São Paulo nos diz:


      "Estamos, repito, cheios de confiança, preferindo ausentar-nos deste corpo para ir habitar junto do Senhor. É também por isso que, vivos ou mortos, nos esforçamos por agradar-lhe” (2 Cor 5,8-9)

      Só Jesus subiu ao céu porque subir significa elevar-se por seu próprio poder (João 3,13; Efésios 4,8; Efésios 4,10). Por ser Deus, Jesus sobe por seu próprio poder.

      Maria e os Santos foram elevados ao céu ( Gênesis 5,24; Hebreus 11,5; 2 Reis 2,1.10-11; Efésios 4,8-10; 2 Coríntios 12,1-5).

      Excluir

    2. A ASSUNÇÃO DE MARIA:

      No caso de Maria, puramente humana, a Mãe do Senhor, foi elevada em corpo e alma pelo poder de Deus, por isso chamamos de Assunção.

      Os primeiros cristãos deram testemunho dessa doutrina desde os primeiros séculos, antes do ano 300.

      Essa doutrina se baseia também na Bíblia, pois a escritura diz que a carne de Cristo não poderia ver a corrupção (Atos 2,27.31), logicamente que se Cristo teve seu corpo a partir exclusivamente do corpo de Maria então o corpo de Maria também não poderia ver a corrupção, já que ela é unida ao Filho misteriosamente no plano da salvação (Gênesis 3,15).

      Ela que foi preservada da culpa de Adão ( Jó 14,4; Jó 15,14; Jó 25,4; Lc 1,28) pelos méritos da paixão de seu Filho e em virtude do mistério de sua encarnação (Lc 1,35).

      A crença na Assunção é a crença na divindade de Cristo, pois se Deus se encarnou no seio da Virgem e tomou sua carne (João 1,14), não permitiria que sua própria carne glorificada, que não viu a corrupção (Atos 2,27.31) , e está no céu sentada a direita do Pai (Atos 2,30.34; 7,55-56), apodrecesse no túmulo, em sua Mãe.

      Não há motivo para não se crer na Assunção de Maria, visto que muitos homens na Bíblia também foram elevados ao céu, como Moisés, Henoc, Elias.

      A Bíblia registra Deus “tomando” Enoque e Elias ao Céu (Gênesis 5,24; II Reis 2,11). Por isso, não é impossível que Deus tenha feito o mesmo com Maria.

      Qual Filho deixaria sua Mãe no túmulo?


      Essa Fé que recebemos dos primeiros cristãos e eles dos Apóstolos (2 Tess. 2,15; 2 Tim 21-2) foi definida pela Igreja como Verdade de fé, um Dogma.

      A Assunção de Maria está escrita pela fé no coração do Cristianismo (Ef. 3,17) desde antes dos anos 300 d.c., quando os cristãos iam a Jerusalém para recordar a dormição (morte) da Virgem Maria e sua Assunção.

      O JUÍZO UNIVERSAL:

      Os Santos aguardam o dia do Juízo Universal (Apo 6,9-11), quando seus corpos serão reunidos à sua alma, que já está no céu, diante de Deus (Apo 7,15).

      ... vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz.
      E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida...
      João 5:28,29

      ... Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino,
      2 Timóteo 4:1

      Excluir
  21. Continuidade virginal de Maria após o nascimento de Cristo:
    Nobre colega, você menciona ainda um outro ponto, qual seja a continuidade virginal de Maria, após o nascimento de Cristo. Tal alegação possui base, mais uma vez, na tradição da Igreja romana: “Maria é, ao mesmo tempo, virgem e mãe, porque é a figura e a mais perfeita realização da Igreja: Por sua vez, a Igreja, que contempla a sua santidade misteriosa e imita a sua caridade, cumprindo fielmente a vontade do Pai, torna-se também, ela própria, mãe, pela fiel recepção da Palavra de Deus: efectivamente, pela pregação e pelo Baptismo, gera, para uma vida nova e imortal, os filhos concebidos por acção do Espírito Santo e nascidos de Deus. E também ela é virgem, pois guarda fidelidade total e pura ao seu esposo” (Cf. II Concílio do Vaticano, Const. dogm. Lumen Gentium, 64: AAS 57 - 1965). Ainda: “O aprofundamento da fé na maternidade virginal levou a Igreja a confessar a virgindade real e perpétua de Maria” (II Concílio de Constantinopla, Sess.8ª Canon 6 : DS 427).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Dogma da Virgindade de Maria se baseia no Dogma da Divindade de Cristo. A Bíblia nos diz que tudo o que é tocado por Deus é só Dele.

      Uma Mulher que foi tocada por Deus não só espiritualmente, mas também corporalmente de modo virginal, tornando-se Mãe do Filho de Deus, ao mesmo tempo tornou-se Esposa de Deus.

      Essa Esposa e Mãe de Deus jamais seria dada a ser esposa de modo carnal de um homem mortal.

      Se uma Porta de um Santuário por onde passou o Senhor tinha de permanecer fechada, apenas porque Deus tinha passado por ela, imagine a Porta que é Maria, pela qual Deus entrou no mundo dos homens?

      "E disse-me o Senhor: Esta porta permanecerá fechada, não se abrirá; ninguém entrará por ela, porque o Senhor, o Deus de Israel entrou por ela; por isso permanecerá fechada."
      Ezequiel 44:2

      Excluir
  22. É de conhecimento universal, que Maria se achou grávida pela operação do Espírito Santo, antes que tivesse mantido relações sexuais com José, conforme Mateus 1:18. Até mesmo para se cumprir a profecia bíblica, como você já abordou. É fato bíblico incontestável, também, de que a virgem concebeu e deu a luz ao Messias, Mateus 1:23. A questão que se levanta aqui é: Maria continuou virgem após o nascimento de Cristo? E se a resposta fora negativa, implicaria na santidade de Maria? Será que a Bíblia, e não tradições de homens, traz alguma luz sobre este assunto? Vejamos o que diz Mateus 1:25 em diversas traduções das Sagradas Escrituras:
    1- Versão: João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada
    “Contudo, não a conheceu, enquanto ela não deu à luz um filho, a quem pôs o nome de Jesus.”
    2- Versão: Nova Tradução na Linguagem de Hoje
    “Porém não teve relações com ela até que a criança nasceu. E José pôs no menino o nome de Jesus.”
    3- Versão: João Ferreira de Almeida Atualizada
    “…e não a conheceu enquanto ela não deu à luz um filho; e pôs-lhe o nome de JESUS.”
    4- Versão: Spanish: Reina Valera (1909)
    “…Y no la conoció hasta que parió á su hijo primogénito: y llamó su nombre JESUS.”
    5- Versão: Spanish: Sagradas Escrituras (1569)
    “…Yno la conoció hasta que dio a luz a su hijo Primogénito; y llamó su nombre JESUS.”
    6- Versão: English: King James Version (Versão do Rei James)
    “And knew her not till she had brought forth her firstborn son: and he called his name JESUS.”
    7- Versão: English: Young’s Literal Translation (Tradução Jovem Literal)
    “… and did not know her till she brought forth her son — the first-born, and he called his name Jesus.”
    8- Versão: La Santa Bíblia (Católica)
    “Y no la conocía hasta que ella dio a luz un hijo, y le puso por nombre Jesús.”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho engraçado o esforço de vocês protestantes para tentar diminuir o papel de da VIRGEM SANTÍSSIMA MARIA.

      VEJA SUA CONTRADIÇÃO: crê que Jesus é Deus e nos salvou com seu sangue, mas afirma que a Mãe dele foi uma pecadora qualquer.

      Ora, como Jesus teria sangue Santo se ele herdou esse sangue de um ser humano, Maria , que segundo você era uma pecadora?

      Era necessário que Ela fosse purificada por Deus para dar sangue puro ao Corpo do Verbo de Deu.

      Sei que vocês não se aprofundam muito na reflexão Teológica, mas temos mais de 2000 anos no qual vários Santos refletiram nesse mistério.

      1º ERRO GRAVE:
      TRADUÇÃO DA BÍBLIA DE JOÃO FERREIRA DE ALMEIDA:
      João Ferreira de Almeida, um protestante adolescente de 16 anos de idade, de origem portuguesa (que não era padre coisa nenhuma, mas usava esse título para ganhar credibilidade), afirmava ter feito a primeira tradução em língua portuguesa da Bíblia, diretamente dos originais em hebraico e grego. O que não é verdade.

      Este, nunca teve a mão os originais da bíblia, mas, escritos do séc. XVI de Erasmo de Roterdam. Também valeu-se de traduções católicas em vários idiomas.

      A tradução do NT do adolescente João Ferreira tinha tantos erros, que os revisores passaram quatro anos tentando corrigir o que ele fez em menos de um. Ele morreu em 1691, sem completar o VT, e outro continuou a desastrada missão. Antes de morrer, João Ferreira publicou uma lista de mais de mil erros em seu Novo Testamento, e Ribeiro dos Santos afirma serem mais. (Ribeiro dos Santos foi um importante historiador do protestantismo brasileiro. Ele era pastor presbiteriano).

      Hoje, os erros aumentaram, incluindo os de gramática, com frases inteiras erradas, tanto pela fraseologia quanto pela ortografia e sintaxe. Em (Êxodo 9,24), (I Samuel 18,22) e (I Cor 4,3) a palavra espanhola “mui” aparece com grande freqüência do VT ao NT, provando que a tradução não foi dos originais, mas, surrupiada de versões latinas.

      SE QUISER FAZER UM BEM, LEIA A BÍBLIA CATÓLICA QUE FOI TRADUZIDA POR SÃO JERÔNIMO A MANDO DO PAPA PELO ANO +-300-400.

      Excluir
  23. As oito traduções apontadas colocam um limite de tempo definido para a virgindade de Maria. Todas elas afirmam que José não a conheceu até [hasta que, till] que ela deu à luz ao menino e lhe colocou o nome de Jesus. O nome era colocado, ou confirmado pelo sacerdote, no dia da circuncisão (Lucas 2:21), ou seja, no oitavo dia de vida do bebê.
    É evidente entre os leitores da Bíblia, que a expressão conheceu, é utilizada na Palavra de Deus para denotar a relação sexual, e que o versículo 25 do primeiro capítulo de Mateus foi escrito especialmente para elucidar esta questão. No entanto, a palavra conheceu, é omitida na conhecida tradução católica romana da Bíblia Ave Maria:
    Versão: Bíblia Ave Maria:
    “E, sem que ele a tivesse conhecido, ela deu à luz o seu filho, que recebeu o nome de Jesus.”
    Me parece que há algo errado Já que a própria tradução católica ‘La Santa Bíblia’ (em espanhol), nos confirma que “Y no la conocía hasta que ella dio a luz un hijo”.
    Para solucionar esta dúvida, basta pesquisar os originais em grego. Assim, o evangelho de Mateus 1:25 em grego transliterado (para nosso alfabeto latino):
    “kai ouk eginôsken autên eôs ou eteken tsbton uion tsbautês tsbton tsbprôtotokon kai ekalesen to onoma autou iêsoun”
    A palavra grega que é traduzida por até ou enquanto é “Heos” ou “Eôs” e é definido como “conjunção, preposição e advérbio de continuação (tempo ou lugar)”. Como já disse, Mateus 1:25 foi escrito para definir o tempo, ou período que Maria permaneceu virgem, sendo apenas omitido na tradução da Bíblia Ave Maria.
    Por isso mesmo, em nenhuma passagem das sagradas escrituras, principalmente na fase adulta do messias, encontra-se a expressão ‘Virgem Maria’. E considerando que o ato sexual, realizado dentro do casamento, nunca foi e nunca será pecado, já que criado por Deus, Maria continua santa como sempre foi.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Por que se diz na Bíblia Que José NÃO A CONHECEU ATÉ QUE DEU À LUZ?


      A expressão "até que" corresponde ao hebraico ad ki.

      Esta partícula na Escritura ocorre para designar apenas
      o que se deu (ou não se deu) no passado sem indicação
      do que havia de acontecer no futuro.

      “Até", na linguagem bíblica, refere-se apenas ao passado (II Sam 6, 23; Mt 28, 20) e não fica claro que após ela dar à luz José a teve como mulher.

      O texto do Evangelho quer dizer apenas que "sem que José a conhecesse ela deu à luz o seu filho", pois Maria não tinha a intenção de conhecer homem (Lc 1,34)

      Na Bíblia Ave Maria o termo foi traduzido de maneira correta, como foi traduzido do grego para o latim.

      O Evangelista não está informando que Maria teve outros filhos, pois se ela tivesse tido outros filhos por que Lucas não informa isso quando Jesus tinha 12 anos?

      A Família de nazaré é apenas Jesus, Maria e José. Leia Lucas (2,42-52).

      Maria não é citada como Mãe de Jesus e Tiago e João, mas apenas como a Mãe de Jesus:

      E, faltando vinho,A MÃE DE JESUS lhe disse: Não têm vinho. João 2:3


      "Não é este o carpinteiro, filho de Maria, e irmão de Tiago, e de José, e de Judas e de Simão? e não estão aqui conosco suas irmãs? E escandalizavam-se nele."
      Marcos 6,3

      No Evangelho de Lucas, Maria deixa claro que tinha intenção de permanecer Virgem. Ela estava noiva, mas mesmo ovindo do Anjo que teria um Filho ela pergunta como se fará isso, ou seja, ela tinha, por uma graça especial, a intenção de continuar Virgem:


      "Como se fará isto, pois não conheço homem?" (Lc 1,34)

      Se ela tivesse tido filhos, Jesus, na hora da morte, não teria deixado ela aos cuidados do seu discípulo:

      Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa. João 19:27



      Excluir
  24. A impecaminosidade do ser humano
    Lembro ainda, com relação à impecaminosidade do ser humano, a afirmação de Paulo feita em sua Carta aos cristãos que residiam em Roma (época em que Roma tinha como profissão de fé o paganismo) que: "Pois quê? Somos nós mais excelentes? De maneira nenhuma, pois já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado; Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer". E ainda: "Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" (Romanos 3:9,10 e 23);
    Todos os seres humanos, a não ser Cristo, pecaram e por isso todos somos falíveis: “Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram” (Romanos 5:12).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando São Paulo escreveu todos, ele não pensou em incluir aí a Virgem Maria.

      Como quando ele disse " e todos estão destituídos da glória de Deus" (Rm 3, 23), nem todos o foram, pois devemos nos lembrar que Henoc e Elias também foram uma exceção a essa regra (Gen 5,24; 1 Re 2,11).


      Assim, "todos" nem sempre significa a humanidade inteira incluindo Maria, Henoc, e Elias.

      Maria foi salva de modo antecipado, isenta do pecado original para poder dar sua carne e sangue ao Verbo de Deus. Deus não convive com o pecado. Seria impossível Deus Santíssimo habitar num corpo pecador.
      Seria impossível Deus que não tem corpo, mas fez seu Corpo partir de Maria, fazer seu corpo a partir de uma carne de pecado.
      A Mãe ao gerar um Filho no ventre deu seu sangue e carne, mas também a geração de um bebê é influenciada pela mente da Mãe.
      Imagine a mente de uma mulher pecadora formando o Filho de Deus que é o próprio Deus, um com o Pai... seria impossível. O Filho de Deus não poderia receber pensamentos impuros em sua formação. Cientficamente, a Mãe já educa a criança em seu ventre. Imagine o que uma pecadora pode educar.

      Vocês não meditam, não refletem no que dizem, não usam a lógica. Lógica bíblica:


      " O puro[Jesus] pode Vir dum ser impuro? Jamais!"
      Jó 14,4.

      A saudação usada pelo Anjo Gabriel ao se referir à Mãe do Senhor mostra que Maria não possuía pecado.
      A expressão "Cheia de Graça" em grego "Kecharitoménê", é empregada para designar a graça em seu sentido PLENO.

      A tradução em latim "Gratia Plena", isto é, "Graça Plena" é mais perfeita do que a portuguesa "Cheia de Graça".

      O Arcanjo falando com a Virgem a chama de Graça em sentido pleno, ou seja, onde superabundou a graça não existe o pecado.

      São João diz: "se dizemos ter comunhão com ele e andamos nas trevas, nós mentimos e não seguimos a verdade" (1 Jo 1,6).

      Maria esteve em comunhão contínua com Jesus, Ele e ela foram um só ser durante sua gestação, e a luz (Jesus) não poderia ter comunhão com o pecado, logo, Maria tinha de ser luz para gerar a luz.

      Maria foi um ser puramente humano. Jesus, que é Deus, foi quem tomou a carne de Maria, fazendo um corpo para si a partir dela.

      São João diz mais: "aquele que afirma permanecer nele deve também viver como ele viveu" ( 1 Jo 2,6)


      Se cremos que Jesus é imaculado e afirmamos que seu sangue nos remiu, sangue e carne que ele tirou de Maria, temos também que crer que ela foi purificada para cumprir com essa missão.
      São João ainda afirma:

      "4 Todo aquele que vive habitualmente no pecado também vive na rebeldia, pois o pecado é rebeldia.
      5 E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os pecados; e nele não há pecado.
      6 Todo o que permanece nele (Maria) não vive pecando; todo o que vive pecando não o viu nem o conhece.
      7 Filhinhos, ninguém vos engane; quem pratica a justiça é justo, assim como ele é justo;
      8 quem comete pecado é do Diabo; porque o Diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo.
      9 Aquele que é nascido de Deus não peca habitualmente; porque a semente de Deus permanece nele (Maria), e não pode continuar no pecado, porque é nascido de Deus. "
      (1 Jo 3, 4-9)


      Assim como Deus exigiu uma Arca Santa ( Êxodo 25,10-11; Deuteronômio 10,3) para seus mandamentos, sua palavra, era necessário que a Mãe do Verbo Divino também fosse preparada como uma Arca digna de carregá-lo:Êxodo 25.10-11; Deuteronômio 10,3




      Logo, Jesus não se encarnaria numa carne que vive no pecado, na rebeldia, pois Maria permaneceu e foi predestinada para isso, para permanecer unida a ele.


      Gênesis 3,15:
      "Porei ódio entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Ela te esmagará a cabeça e tu tentarás mordê-la no calcanhar."


      Excluir
  25. O perigo da exaltação/veneração às imagens
    A Palavra de Deus e não a dos homens afirma: "Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens. Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem. Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram. Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta. A eles se tornem semelhantes os que os fazem, assim como todos os que neles confiam. Israel, confia no Senhor; ele é o seu auxílio e o seu escudo" (Salmos 115:4-9).
    Ainda, “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás” (Êxodo 20:4,5).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ERRO DE INTERPRETAÇÃO DA BÍBLIA DOS PROTESTANTES SOBRE IMAGENS E ÍDOLOS, ADORAÇÃO E VENERAÇÃO.

      Vocês dizem tanto ler a Bíblia e não sabem a diferença de coisas básicas e simples escritas nela?

      As duas passagens bíblicas citadas por você falam de ídolos (imagens de deuses), não falam de imagens (de Santos e Anjos ou a Cruz). Há muita diferença, né?

      Nós não temos ídolos, temos imagens de Santos.

      Se você seguir essa passagem literalmente então você terá que jogar todas as suas fotos fora, porque são "semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. ".

      Quem estuda a Bíblia sabe que Deus não proibiu uso de imagens de Santos, pois o próprio Deus pediu que fizessem imagens de Santos Anjos e que usassem uma imagem ( a Serpente de Bronze) para o povo de Israel orar:

      Farás também dois querubins de ouro (DEUS MANDA FAZER IMAGENS) ; de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório. Êxodo 25:18

      Farás um querubim (DEUS MANDA FAZER IMAGEM) na extremidade de uma parte, e o outro querubim na extremidade da outra parte; de uma só peça com o propiciatório, fareis os querubins nas duas extremidades dele. Êxodo 25:19

      E foi feito com querubins e palmeiras, de maneira que cada palmeira estava entre querubim e querubim, e cada querubim tinha dois rostos,( FORAM FEITAS IMAGENS E FIGURAS PARA O TEMPLO) Ezequiel 41:18


      E disse o Senhor a Moisés: Faze-te uma serpente ardente, e põe-na sobre uma haste (DEUS MANDA FAZER IMAGEM PARA ORAR ) ; e será que viverá todo o que, tendo sido picado, olhar para ela.
      E Moisés fez uma serpente de metal, e pô-la sobre uma haste; e sucedia que, picando alguma serpente a alguém, quando esse olhava para a serpente de metal, vivia.
      Números 21:8,9

      VOCÊS SÃO REPETITIVOS. O MESMO ASSSUNTO SEM FUTURO DAS IMAGENS PARA TENTAR PARECER QUE LEEM A BÍBLIA QUANDO SÓ DISTORCEM O QUE ESTÁ ESCRITO E NÃO INTERPRETAM.

      Excluir
  26. O objetivo do evangelista Lucas nos capítulos 8:21 e 11:27-28
    Em Lucas 8:21 e 11:27-28, sua explicação à luz do artigo proposto foi a de que Maria e os irmãos de Jesus praticavam a Palavra de Deus, por isso Maria seria santa. Pois bem, entendo que, caso Cristo estivesse falando que sua mãe e seus irmãos praticavam a Palavra de Deus, então o apóstolo João no cap 5:7 quando diz: "Porque nem mesmo seus irmãos criam nele", estaria equivocado (o que é impossível, já que toda Escritura é inspirada por Deus).
    O texto citado em Lucas ensina que nenhuma outra pessoa a não ser a de Cristo merece nossa atenção e todos aqueles que guardam a palavra de Deus pertencem à Família de Cristo.
    Lembro ainda as palavras de Paulo: ”Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8,9). Ou seja, obra de ser humano algum deve enaltecida, já que Deus não faz acepção de pessoas. Unicamente as obras de Cristo devem ser proclamadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 - Não disse "que... os irmãos de Jesus praticavam a Palavra de Deus..." Eu disse que Maria é Santa em primeiro lugar porque praticava a Palavra de Deus. E é isso que podemos deduzir das Palavras de Jesus e de todo o Evangelho.

      2 - ERRO SEU É ACREDITAR QUE JESUS DESPREZA A MÃE DELE AO DIZER ISSO, POIS SE ASSIM O FOSSE ELE ESTARIA PECANDO POR NÃO HONRAR A MÃE.

      Jesus ensina que a Familia dele é todo que pratica a Palavra, isso exclui Maria, a Mãe dele?
      Se em todo o Evangelho Maria é o exemplo mais perfeito, depois de Cristo, de quem praticou a Palavra?

      O que você afirma sobre o texto de Lucas é uma interpretação sua, inventada depois de mais de 1500 anos de história da Igreja. Ou seja, fico com a interpretação dos primeiros cristãos e não com a invenção de homens (pastores) que mal estudaram e distorcem tudo para atingir seus objetivos de diminuir o papel de Maria.

      Se eu seguir sua interpretação de que " Lucas ensina que nenhuma outra pessoa a não ser Cristo merece nossa atenção", então vou ter de considerar São Paulo herético?
      Então a Bíblia está se contradizendo, já queSÃO PAULO ESCREVEU QUE DEVEMOS OLHAR O EXEMPLO DELE E O DOS SANTOS:

      Porque vós mesmos sabeis como convém imitar-nos, pois que não nos houvemos desordenadamente entre vós, 2 Tessalonicenses 3:7

      ... mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas. Hebreus 6:12

      Admoesto-vos, portanto, a que sejais meus imitadores. 1 Coríntios 4:16

      Sede meus imitadores, como também eu de Cristo. 1 Coríntios 11:1

      E vós fostes feitos nossos imitadores, e do Senhor, recebendo a palavra em muita tribulação, com gozo do Espírito Santo. 1 Tessalonicenses 1:6

      Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam. Filipenses 3:17

      Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver. Hebreus 13:7

      Se a obra de nenhum ser humano deve ser enaltecida, então Jesus "não seguiu" você:


      Em verdade vos digo que, em todas as partes do mundo onde este evangelho for pregado, também o que ela fez será contado para sua memória.
      Marcos 14:9

      DEVEMOS LOUVAR AS BOAS OBRAS DOS SANTOS, POIS LOUVAMOS A DEUS POR MEIO DELES:

      , para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.
      Mateus 5:16

      e para louvor dos que fazem o bem. 1 Pedro 2:14

      E louvo-vos, irmãos, porque em tudo vos lembrais de mim, e retendes os preceitos como vo-los entreguei.
      1 Coríntios 11:2


      Fui néscio em gloriar-me; vós me constrangestes. Eu devia ter sido louvado por vós, visto que em nada fui inferior aos mais excelentes apóstolos, ainda que nada sou. 2 Coríntios 12:11

      Regozijai-vos no SENHOR, vós justos, pois aos retos convém o louvor. Salmos 33:1


      Nisto, porém, que vou dizer-vos não vos louvo; porquanto vos ajuntais, não para melhor, senão para pior. 1 Coríntios 11:17

      Não tendes porventura casas para comer e para beber? Ou desprezais a igreja de Deus, e envergonhais os que nada têm? Que vos direi? Louvar-vos-ei? Nisto não vos louvo. 1 Coríntios 11:22

      viram-na as filhas e chamaram-na bem-aventurada, as rainhas e as concubinas louvaram-na.
      Cânticos 6:9

      Excluir
  27. Considerações finais
    Maria, como todos os seres humanos, é nascida de mulher. E o próprio Cristo afirma que: “Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, não surgiu outro maior que João Batista...” (Mateus 11:11)
    Sem dúvidas Maria buscou praticar a vontade de Deus enquanto esteve na terra e terá, assim como todos os santos/justos, seu galardão no dia do Juízo.
    De todos os escritores do Novo Testamento (Paulo, Mateus, Lucas, Marcos, João, Judas, Tiago, Pedro, etc) nenhum deles menciona algum tipo de “crédito especial” a qualquer outro nome que não o de Jesus Cristo: “Sendo ele de condição divina, não se prevaleceu de sua igualdade com Deus, mas aniquilou-se a si mesmo, assumindo a condição de escravo e assemelhando-se aos homens. E, sendo exteriormente reconhecido como homem, humilhou-se ainda mais, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz. Por isso Deus o exaltou soberanamente e lhe outorgou o nome que está acima de todos os nomes, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho no céu, na terra e nos infernos. E toda língua confesse, para a glória de Deus Pai, que Jesus Cristo é Senhor” (Filipenses 2:6-11).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VERGONHOSO TENTAR DESPREZAR E DIMINUIR A FIGURA DE MARIA, MÃE DE JESUS.

      1- O texto do Evangelho é claro: Nascid"O"s de Mulhernão surgiu outro maior que João Batista...” (Mateus 11:11), não nascid "A"S e esse texto FALA DOS PROFETAS:

      Mas, então que fostes ver? um profeta? Sim, vos digo eu, e muito mais do que profeta;(...)
      Em verdade vos digo que, entre os que de mulher têm nascido, não apareceu alguém maior do que João o Batista; (...)
      Porque todos os profetas e a lei profetizaram até João.
      Mateus 11:9-13

      O Evangelho diz que não havia maior que João e João diz o que? Leia:

      Mas João, quando completava a carreira, disse: Quem pensais vós que eu sou? Eu não sou o Cristo; mas eis que após mim vem aquele a quem não sou digno de desatar as alparcas dos pés. Atos 13:25

      E QUEM FOI ACHADO DIGNO DE NÃO SÓ DESATAR AS ALPARCAS, MAS DAR CARNE, SANGUE, GENÉTICA AO PRÓPRIO DEUS?
      MARIA! TENHA VERGONHA E A RESPEITE QUE ELA NÃO É UMA QUALQUER!

      VÁ ESTUDAR NOSSA DOUTRINA ANTES DE FALAR O QUE NÃO SABE!

      CADA COISA TEM SEU LUGAR:

      CRISTO JESUS É DEUS - É ADORADO.
      OS SANTOS SÃO SEUS SERVOS - SÃO VENERADOS, HONRADOS:


      Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; UNS PARA A HONRA, outros, porém, para desonra.
      2 Timóteo 2:20

      se alguém se purificar destas coisas,SERÁ VASO PARA HONRA, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra. 2 Timóteo 2:21

      Honra as viúvas que verdadeiramente são viúvas. 1 Timóteo 5:3

      Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo. Mateus 19:19

      MARIA É DIGNA ENTRE TODOS OS SANTOS DE SER A MAIS HONRADA,POIS SÓ ELA FOI ESCOLHIDA DESDE TODA A ETERNIDADE E PROFETIZADA NA BÍBLIA:


      E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar. Gênesis 3:15


      Portanto os entregará até ao tempo em que a que está de parto tiver dado à luz; então o restante de seus irmãos voltará aos filhos de Israel.
      Miquéias 5:3


      Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti, justo e Salvador, pobre, e montado sobre um jumento, e sobre um jumentinho, filho de jumenta.
      Zacarias 9:9

      Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel. Isaías 7:14

      MARIA É DIGNA DE SER LOUVADA:


      a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada. Provérbios 31:30

      E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre.
      E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor?
      Lucas 1:42,43


      E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste. Lucas 11:27

      Porém uma é a minha pomba, a minha imaculada, a única de sua mãe, e a mais querida daquela que a deu à luz; viram-na as filhas e chamaram-na bem-aventurada, as rainhas e as concubinas louvaram-na.
      Cânticos 6:9

      DEIXE O ERRO DAS INTEPRETAÇÕES INVENTADAS E ESTUDE A DOUTRINA CATÓLICA SEM A OPINIÃO DE HEREGES FANÁTICOS!

      Excluir
  28. Espero ter contribuído de alguma forma para seus estudos e agradeço pelo respeito e considerações apresentadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho triste como vocês distorcem nossa doutrina e tentam diminuir o papel da Mãe de Jesus, como se ela fosse um nada.
      Escuto muitas músicas evangélicas e fico surpreso em ver como vocês falam mais de Davi e Abraão e morrem de medo de falar no personagem mais importante que é Maria, Mãe do Senhor.
      Triste ver como vocês usam a Bíblia para tudo, pegando versículos soltos para justificar qualquer ideia.
      Triste ver como por mais que mostremos que nossa doutrina não é nada do que vocês pensam, vocês ainda teimam em nos perseguir, cegos pela ideologia protestante, com o único objetivo de destruir tudo o que é católico.
      Que Deus nos ajude, pois o protestantismo tem semeado seus erros no Brasil. Há Igrejas Tradicionais protestantes que são maduras, mas as neopentecostais são fanáticas e manipuladas por políticos. Uma lástima.
      Sem falar no mal que a ideologia protestante de prosperidade e de ler a Bíblia basta, ou que não se precisa fazer obras para ser salvo causa na mente do povo. O povo está se tornando mais egoísta, individualista por conta dessas doutrinas deturpadas. Que Deus nos livre desses lobos pastores.

      Excluir
    2. E os papas corruptos da Igreja Católica que assassinaram milhões na inquisição?

      Excluir
    3. Não são Santos, né? São Pedro foi o chefe dos Apóstolos, mas não deixou de cometer pecados por isso e só se tornou Santo porque deu seu testemunho aceitando a morte em nome de Cristo.
      E lembre-se que os protestantes também fizeram e fazem inquisição. A cidade de Salém ficou famosa nos Estados Unidos por conta da inquisição protestante.
      E aqui, no Brasil,nvadem terreiros de Umbanda, junto com traficantes "evangélicos" expulsando pessoas e ameaçando-as de morte e quebrando suas imagens, como fazem também nas Igrejas Católicas.
      Jesus passa longe disso.
      Nós aprendemos com nossos erros históricos e vocês? Aprendem?

      Excluir
  29. que jesus tenha misericordia de todos nos

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Príncipe Orion, espetacular o seu conhecimento. Parabéns pelo seu blog, nunca ouvi alguém explicar tão perfeitamente e com todo conhecimento bíblico. A nossa Igreja foi criada pelo próprio Jesus Cristo e nos deixou Pedro como sucessor de sua igreja, portanto só existe uma Santa Igreja a que é proveniente Dele. A igreja Católica é Santa e pecadora sim, mas temos que trabalhar para a sua santidade e não ficarmos criando outras crenças baseadas em descontentamentos e idéias contrariadas de alguns e sim nos unirmos para que essa igreja, fundada pelo próprio Cristo seja a força é caminho de salvação há muitos cordeiros. Mais uma vez, parabéns !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por partilhar! Que o povo de nossa Igreja possa aumentar sua fé sempre e que haja mais união como você afirma. Assim seja.

      Excluir
  32. Parabéns Príncipe Orion ! Espetaculares seus comentários, vc concerteza é ungido pelo Espírito Santo. Nunca vi alguém explicar tão bem e com tanto conhecimento bíblico. Realmente são de pessoas como vc que a nossa igreja precisa. Infelizmente a igreja é Santa e pecadora e cabe a nós ajudarmos seu crescimento. Graças a Deus que temos uma religião criada pelo próprio Jesus, que pela sua vontade nos deixou Pedro como seu sucessor, hoje representado pelo nosso Papa Francisco. O que acontece é que as pessoas que pensam de formas diferentes, não procuram o entendimento verdadeiro ou entendem mas não aceitam e preferem fugir para outras doutrinas, ao invés de contribuir e estudar para crescimento da religião que Jesus criou. Inventam outras doutrinas para justificarem suas formas de crenças deturpadas, muitas vezes até sem intenção de maldade, mas por desconhecimento, falta de fé e fraqueza de pensamentos. É claro que a igreja possui defeitos pois ela é feita de seres humanos, mas temos que nos unir para que esses erros sejam corrigidos e não criar novas divisões. Deus quer um só povo, caminhando em uma só direção, JESUS CRISTO, junto dos santos e anjos do céu (intercessores) e com nossa mãe , a única que poderia suportar tantas aprovações e merecer o título de rainha do céu , que intercede por todos seus filhos junto de Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Obrigada mais uma vez, é grande sua sabedoria !

    ResponderExcluir
  33. Querido irmão Wando, a paz de Cristo.
    Não sei sua formação acadêmica, gostaria de saber.
    Sua visão histórica das primeiras comunidades é ótima. Parabéns!
    Que Deus Jave te ilumine!
    Continuo com o seu ofício Divino de mostrar Cristo aqueles que não o conhece verdadeiramente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha formação acadêmica é voltada para Letras - port/ingl. - Linguística -, mas minha leitura favorita são livros de história, religiões, filosofia, psicologia, mitologias, patrística,biografias, lendas, etc. Tive formação doutrial católica por um bom tempo também.

      Excluir